Romário só decide futuro em 2003

O procurador do atacante Romário, Luizinho Moraes, declarou nesta quinta-feira que o jogador não tem pressa em definir o seu futuro, devendo apresentar sua decisão no início de 2003. "A solução vai acontecer quando estivermos próximos da primeira competição da temporada", disse Moraes, referindo-se ao Campeonato Estadual. Ele citou a contratação de Romário, por parte do Fluminense, como exemplo. "O Tricolor surpreendeu a todos, surgindo de repente e acertando com o Romário em cinco dias", afirmou. "Ele esperou a proposta que une o lado profissional e o emocional." O jogador está passando férias na Jamaica e só deve retornar ao Brasil para as festas de fim de ano. Romário nunca escondeu seu desejo em permanecer no futebol carioca, mas se as propostas o desagradarem, seu destino pode ser um time paulista - o mais provável seria o Corinthians. O clube vai disputar a Taça Libertadores em 2003 e o craque quer voltar a participar da competição.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.