Romário só deve jogar no domingo

Um estiramento no músculo adutor da coxa direita impediu o artilheiro Romário de atuar na partida do Vasco contra o União-MT, pela Copa do Brasil, em São Januário. O jogador sentiu dores no local, durante a goleada da Seleção Brasileira, por 11 a 2, sobre os Estados Unidos, em sua estréia nas Eliminatórias da Copa do Mundo de Beach Soccer, na noite de terça-feira, na praia de Copacabana.Romário atuou por somente 6 minutos e 17 segundos pela Seleção, quando passou a sentir dores após chutar uma bola e pediu para ser substituído. O artilheiro explicou que sua intenção foi a de se poupar para o jogo do Vasco. Mas, o resultado do exame de ressonância magnética, realizado nesta quarta-feira pela manhã, revelou que Romário, de 39 anos, está com um estiramento de grau um no músculo adutor da coxa direita. O atleta ainda pediu para atuar contra o União-MT, mas foi impedido pelo vice-presidente do Departamento Médico do Vasco, Pedro Valente. "Embora o Romário esteja bem e sem sentir dores, optamos por poupá-lo.Apesar de ele ter pedido para jogar", disse. "Agora faremos um trabalho para podermos escalá-lo no domingo contra a Cabofriense, pelo Campeonato Carioca. Estamos otimistas."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.