Romário sofre nova lesão muscular

O atacante Romário sofreu nova lesão muscular e vai ficar pelo menos duas semanas fora de suas atividades. Desta forma, corre o sério risco de não constar da lista de Luiz Felipe Scolari para o jogo Brasil x Paraguai, em 15 de agosto, pelas eliminatórias do Mundial de 2002. Romário contundiu-se na terça-feira, num amistoso entre Vasco e Tigres, no México. Ele deixou o campo no início do segundo tempo, depois de marcar um gol. A partida terminou empatada por 2 a 2. De acordo com o médico Alexandre Campelo, Romário teria sofrido estiramento na coxa esquerda. A confirmação do laudo só seria possível amanhã, após exame de ressonância magnética, na cidade de Monterrey, no México. Romário viajou com o Vasco depois de informar a Scolari que preferia estar ausente da Copa América para se submeter a uma pequena cirurgia a fim de extrair uma película próxima a um dos olhos. A mudança nos planos irritou o treinador da seleção brasileira. Antes do jogo com o Uruguai, em 1 de julho, Romário permaneceu pouco mais de um mês sem atuar em decorrência de outro problema muscular - na panturrilha direita. Nos treinos em Teresópolis, para o confronto com os uruguaios, reclamou da carga excessiva de exercícios e pediu folgas a Scolari. No fim do ano passado, Romário também sofreu contusão, precisamente na final da Copa João Havelange, contra o São Caetano, em São Januário, partida que acabou não valendo nada por causa da queda de um alambrado. Curiosamente, uma lesão muscular, também na coxa esquerda.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.