Romário vai desfalcar o Vasco em SP

Romário desfalcará o Vasco no jogo deste domingo, contra o São Paulo, às 16 horas, no Morumbi. Ele se recupera de dores musculares e, por recomendação médica, ficará treinando no Rio para enfrentar a Ponte Preta, quinta-feira, em São Januário, pelo Campeonato Brasileiro. Romário se ofereceu para viajar com a delegação neste sábado à noite para a capital paulista, porém os médicos do clube acharam melhor poupá-lo. O craque não treina há dois dias por causa de dores musculares. Ele se machucou no jogo-treino de quinta-feira contra o Macaé. Na ocasião, contrariando ordem da comissão técnica, atuou os 90 minutos. O técnico Renato Gaúcho evitou falar sobre esse assunto, mas sua irritação era evidente. "Pedi para ele sair no intervalo, mas quis continuar", disse o técnico do Vasco. Ele destacou que Romário não é mais um menino e, por isso mesmo, seu trabalho físico não é igual aos demais atletas. Sem a presença do ?Baixinho?, como costuma se referir, Renato Gaúcho optou por escalar o volante Amaral em vez de outro homem de frente. Com isso, o volante Ygor exercerá função de terceiro zagueiro, atuando assim no esquema tático 3-6-1. Ou seja, um Vasco muito defensivo, com apenas Alex Dias na frente, sendo municiado pelos meias Morais e Abedi.O treinador, porém, não quer ver a equipe retrancada, sem impor o ritmo de jogo. "A receita é marcar bem e, com a posse de bola, ser agressivo, partir para o ataque", cobrou. Ele acredita que o Vasco vai decolar no Brasileiro e, com firmeza, garante que lutará por vaga na Copa Sul-Americana - classificam-se os clubes posicionados entre o 5.º e o 11.º lugar no Nacional. "Há qualidade no elenco para isso".Para o São Paulo, Renato Gaúcho reserva apenas elogios. Disse que a equipe paulista está entre as três melhores do País e não por acaso conquistou o título da Taça Libertadores da América de 2005. "É um grande time e tem um ótimo treinador. Não se pode dar espaços, senão o Vasco vai passar sufoco", avisou.Alex Dias, artilheiro do Campeonato Brasileiro, ao lado de Marcinho e Róbson, com 15 gols, fez suas as palavras do treinador. De diferente, apenas o sonho do atacante de um dia defender o São Paulo, clube de seu coração. Mas, para não ficar malvisto pela torcida cruzmaltina, fez questão de ressaltar que é profissional e prometeu festejar caso balance a rede adversária. Alex Dias afirmou que é um prazer atuar ao lado de Romário, seu ídolo.Dele, recebeu conselhos valiosos e amadureceu. Hoje é o destaque principal do Vasco, dito até pelo próprio Baixinho. Dos seus pés, nascem as melhores jogadas da equipe. Seu talento para fazer gols enche a torcida de orgulho."Estou feliz em São Januário e, dentro de campo, tento fazer de tudo para que a equipe saia com os três pontos", declarou Alex Dias, lamentando o desfalque de Romário.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.