Romário volta a dizer que é o melhor

O atacante Romário, do Vasco, voltou a dizer nesta segunda-feira ser o melhor jogador da posição e que se o técnico da seleção brasileira, Luiz Felipe Scolari, vai convocar os melhores jogadores para a Copa do Mundo, então ele será convocado. "Tenho certeza de que se eu continuar a marcar gols, irei para a Copa." Romário disse também que tem informações sobre o caráter do técnico da seleção e por isso confia na convocação. "Ele nunca usou de sacanagem com ninguém." Ele comentou, pela primeira vez, os episódios da cirurgia no olho e o da véspera da partida contra o Uruguai, em 1º de julho de 2001, pelas eliminatórias do Mundial, quando teria tido encontro com duas aeromoças. "Não fiz a cirurgia no olho, mas conversei com o Felipão sobre a importância da excursão do Vasco", disse Romário, referindo-se a jogos do seu clube no México. Ele pediu dispensa da Copa América, alegando que necessitaria se submeter a cirurgia e viajou com o Vasco para disputar os amistosos. "Ele me pareceu tranqüilo e entendeu a minha decisão." Sobre o suposto encontro com as aeromoças, em Montevidéu, o artilheiro afirmou ser uma mentira. "Fiquei conversando com o Rodrigo Paiva, o Euller e o Ronaldo até a hora da preleção", revelou o jogador. "Tudo isso é uma grande mentira." Romário concluiu dizendo que atualmente é um jogador diferente do da Copa do Mundo de 1994. "Hoje toco menos na bola, apareço menos nas partidas, mas faço mais gols", afirmou o jogador.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.