Romário volta à pauta no Flamengo

O presidente em exercício do Flamengo, Gilberto Cardoso Filho, disse nesta terça que a reunião do Conselho Deliberativo marcada para a noite desta quarta está mantida. Nela, o clube vai mais uma vez votar se é válida ou não a contratação do atacante Romário.Há duas semanas, o Conselho Deliberativo do Flamengo havia decidido pela não contratação de Romário, por considerar que a vinda do jogador poderia abalar as finanças do clube. Só que a eliminação do Rubro-Negro na Copa dos Campeões e a execução da dívida de R$ 18 milhões do atleta fizeram o conselho marcar uma nova reunião.Os termos da proposta do Flamengo para Romário são os seguintes: R$ 35 mil de salários, R$ 90 mil do contrato de imagem e o clube assumiria a dívida do jogador com a sua patrocinadora, no valor de R$ 660 mil. Em troca, o Rubro-Negro cederia espaço publicitário na Gávea para essa empresa. Além disso, a diretoria insiste no parcelamento da dívida de R$ 18 milhões. O clube pagaria em seis anos e ainda cederia 10% do valor da venda de jogadores.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.