Pedro Vilela| Light Press| Cruzeiro
Pedro Vilela| Light Press| Cruzeiro

Romero admite tristeza por saída de Deivid, mas pede 'virem a página'

Comandante da equipe foi demitido após eliminação nas semis do Campeonato Mineiro

Estadão Conteúdo

27 de abril de 2016 | 12h30

A eliminação nas semifinais do Campeonato Mineiro para o América-MG resultou em mudanças no Cruzeiro, e Deivid não resistiu. A demissão do treinador após a queda no domingo foi bastante lamentada pelo volante Lucas Romero, que, no entanto, admitiu a necessidade da equipe mineira se reerguer rapidamente.

"É um momento difícil, que traz tristeza. O Deivid é uma grande pessoa, foi bom técnico e vai seguir bem na sua carreira. Mas temos de virar a página, pensar no que vem pela frente, Brasileirão, Copa do Brasil, que é muito importante. Vamos colocar na cabeça que tem de seguir treinando, pois sabemos da grandeza do Cruzeiro e da necessidade de conquistas", declarou.

Agora, a diretoria do Cruzeiro vai em busca de um substituto. Jorginho, do Vasco, seria o principal alvo, mas enquanto nada é definido, o auxiliar Geraldo Delamore vai assumir a função interinamente. Ele recebeu bastante elogios de Romero.

"Estamos tranquilos. É coisa da diretoria decidir o novo técnico. Temos de seguir trabalhando e esperando a decisão. Delamore é uma grande pessoa, como Deivid, sabe muito de futebol e está fazendo bons trabalhos. Vamos trabalhar com ele, sempre sério", garantiu.

Tudo o que sabemos sobre:
Cruzeiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.