Felipe Rau/Estadão
Felipe Rau/Estadão

Romero chama Santos de time pequeno e Braz rebate: 'Nunca caiu'

Atacante do Corinthians e zagueiro santista trocam farpas após clássico no Pacaembu

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

04 Março 2018 | 21h16

O atacante corintiano Romero ficou irritado ao ver a comemoração dos jogadores do Santos após o empate por 1 a 1 com o Corinthians, no Pacaembu, e menosprezou o time da Baixada Santista. O zagueiro David Braz não deixou por menos e também tratou de desdenhar da equipe corintiana.

+ Corintiano morre após ser espancado em briga de torcidas

+ Léo Citadini isenta árbitro de culpa por pênalti não marcado

Romero se envolveu em uma confusão no segundo tempo, quando ao dar um carrinho, foi parar perto do banco de reservas do Santos e reclamou que foi agredido por um adversário quando quase caiu em cima dos atletas que estavam sentados no banco de reservas. Ao final da partida, ele falou sobre o acontecido e demonstrou irritação.

“O cara me deu uma porrada, mas está tudo bem, é parte do jogo. Olha como estão comemorando. Isso é coisa de time pequeno”, disparou diante de alguns microfones de rádios que transmitiam o clássico. Em seguida, desceu para o vestiário. 

+ Carille vê resultado justo e diz que Corinthians saiu fortalecido pelos últimos jogos

Ao saber da declaração do paraguaio, o zagueiro David Braz respondeu furioso ao rival. “Ele é um moleque. O Santos nunca caiu”, ironizou o santista, lembrando que o Corinthians foi rebaixado no Campeonato Brasileiro em 2007. O técnico Jair Ventura preferiu não entrar na polêmica. “Não vou debater com jogador. Eu sou professor”, resumiu. 

Ao final da partida, Romero não quis passar pela zona mista para conversar com a imprensa e dar explicações sobre suas declarações. O elenco do Corinthians volta aos treinamentos na manhã desta segunda-feira, quando o lateral-esquerdo Sidcley será apresentado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.