Daniel Teixeira/Estadão
Daniel Teixeira/Estadão

Em noite iluminada de Romero, Corinthians derrota o Cruzeiro na arena

Paraguaio marca duas vezes e equipe alvinegra se reabilitação após derrota no clássico

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

25 de julho de 2018 | 23h38

No primeiro jogo sem Rodriguinho, coube a Romero a missão de salvar a equipe com gols de puro oportunismo. O Corinthians derrotou o Cruzeiro por 2 a 0, se reabilitou da derrota no clássico para o São Paulo e mantém sua campanha de altos e baixos no Brasileirão. 

+Após cobranças e ameaça da torcida, Corinthians anuncia entrevista para dar explicações

+CBF testa VAR na Arena Corinthians antes das quartas da Copa do Brasil

+ TEMPO REAL: Veja como foi Corintians 2 x 0 Cruzeiro

Com os gols, Romero amplia a liderança na lista de artilheiros da arena, com 27 gols. Jadson é o segundo, com 22. O paraguaio ainda ameniza a pressão sobre Osmar Loss e, principalmente, o presidente Andrés Sanchez, que tem sido muito cobrado pela torcida e hoje vai dar uma entrevista coletiva para falar sobre o assunto. 

O jogo, em si, não teve grandes momentos. O Cruzeiro até chegou mais ao ataque, mas seus atacantes não estavam com o pé calibrado. Nem mesmo quando tentaram pelo alto tiveram sucesso. 

A partida contou com um fato curioso. A CBF aproveitou a partida para testar a utilizar do VAR (árbitro de vídeo), que passará a ser usado nas quartas de final da Copa do Brasil. Foi montada toda a estrutura tecnológica na arena para receber a novidade, mas o treino foi offline, ou seja, o vídeo não teve qualquer interferência na partida. 

Com a bola rolando, o Corinthians abriu o caminho da vitória após Danilo Avelar receber passe de Romero, chutar para uma grande defesa de Fábio e no rebote o paraguaio mandou para as redes. Pouco depois, Jadson acertou a trave em cobrança de falta e, de cabeça, o atacante apareceu novamente, como um centroavante. E Romero fez com que a torcida não sentisse falta de Rodriguinho. Pelo menos nessa noite. 

FICHA TÉCNICA

Corinthians: Cássio; Fagner, Pedro Henrique, Henrique e Danilo Avelar; Gabriel, Douglas, Jadson (Paulo Roberto), Romero e Clayson (Mateus Vital); Jonathas (Pedrinho)

Técnico: Osmar Loss

Cruzeiro: Fabio; Lucas Romero, Manoel, Leo e Egídio; Lucas Silva (Robinho), Bruno Silva (Arrascaeta), Thiago Neves (David) e Rafinha; Barcos 

Técnico: Mano Menezes.

Gols: Romero, aos 16; e aos 34 do 2º Tempo. 

Juiz: Paulo Roberto Alves Junior.

Cartões Amarelos: Lucas Romero e Lucas Silva.

Público: 21.031 pagantes

Renda: R$ 840.676,01.

Local: Arena Corinthians, em São Paulo.

Próximos jogos do Corinthians

Domingo, às 11h: Vasco - Mané Garrincha (Brasileiro)

01/08, às 21h45: Chapecoense - Arena Corinthians (Copa do Brasil)

04/08, às 21h: Atlético-PR - Arena Corinthians (Brasileiro)

08/08, às 21h45: Colo-Colo - Estádio Monumental (Libertadores)

12/08, às 16h: Chapecoense - Arena Condá (Brasileiro)

15/08, às 21h45: Chapecoense - Arena Condá (Copa do Brasil)

18/08, às 19h: Grêmio - Arena Corinthians (Brasileiro)

22/08, às 16h: Fluminense - Maracanã (Brasileiro)

26/08, às 16h: Paraná - Arena Corinthians (Brasileiro)

29/08, às 21h45: Colo-Colo - Arena Corinthians (Libertadores)

02/09, às 16h: Atlético-MG - Arena Corinthians (Brasileiro)

05/09, às 21h45: Ceará - Castelão (Brasileiro)

09/09, às 16h: Palmeiras - Allianz Parque (Brasileiro) 

 

 

Tudo o que sabemos sobre:
CorinthiansCruzeiro Esporte Clube

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.