Luis Moura/ Estadão
Luis Moura/ Estadão

Romero crê que reencontro com a torcida vai dar ânimo ao Corinthians

Paraguaio mostra confiança e minimiza cobranças

O Estado de S.Paulo

17 Agosto 2016 | 07h03

O Corinthians vem de três jogos sem vitórias no Campeonato Brasileiro e sob protestos dos torcedores. Mas tudo isso parece não tirar a confiança do atacante Romero. O paraguaio acredita que a equipe terá uma nova postura e poderá dar início a nova fase nesta segunda-feira, diante do Vitória, no reencontro com a torcida, no Itaquerão.

"A gente quer ganhar e brigar sempre lá em cima. Então vamos trabalhar pra isso. É normal que a torcida fique assim porque a gente não está ganhando. Mas o próximo jogo é em casa, com a nossa torcida, uma possibilidade muito boa pra gente ganhar de novo. Estamos precisando ganhar", disse o paraguaio.

Luis Moura/ Estadão

Romero aposta em bom resultado diante do Vitória

Romero contou que, como o elenco estava de folga, ele aproveitou a segunda-feira e foi para o Paraguai, ficar com a família, por isso, não chegou a ver o protesto dos torcedores no Parque São Jorge, onde criticaram a diretoria e alguns jogadores, mas ele escapou dos protestos.

"Embora não viva um bom momento e não faça um gol há sete jogos, Romero é "salvo" das cobranças pelo fato de mostrar muita vontade em campo. "Eu sempre busco o gol e isso é minha função. Me cobro bastante também, como sei que a torcida cobra. Mas, se Deus quiser, vamos vencer e eu farei um gol. Eu ou qualquer um, só quero que o Corinthians volte a ganhar", pediu.

Notícias relacionadas
Mais conteúdo sobre:
Corinthians Futebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.