Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians
Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Romero deixa renovação de contrato com o Corinthians para 2019

Atacante tem vínculo até julho de 2019 e a partir de janeiro pode assinar pré-acordo com outra equipe

O Estado de S.Paulo

10 de dezembro de 2018 | 18h06

De férias no Paraguai, o atacante Angel Romero concedeu entrevista nesta segunda-feira à rádio Monumental AM 1080 e disse que a renovação do contrato com o Corinthians ficou para o próximo ano.

Romero tem vínculo com o clube paulista até julho de 2019, mas a partir de janeiro (seis meses antes o término) está livre para assinar pré-contrato com outra equipe. Por isso, para garantir a permanência do paraguaio na equipe, a diretoria já tentou acertar a renovação no final deste ano, mas não conseguiu. 

"Minha intenção é completar esse contrato. Depois veremos o que acontecerá", disse. "Me procuraram e disse aos dirigentes que veremos mais adiante. Quero continuar trabalhando, seguir jogando para, daqui seis meses, poder defender a seleção paraguaia na Copa América", disse.

O atacante chegou ao Corinthians em 2014 graças a ajuda de um grupo de empresários que pagou 3 milhões de dólares (cerca de R$ 6,8 milhões na cotação da época) ao Cerro Porteño e bancou a transferência do atacante visando lucro numa futura venda. O Corinthians tinha interesse no jogador, mas não dispunha de dinheiro suficiente para contratar o atleta. Ficou somente com 20%. 

Agora, o clube alvinegro precisa conversar com o jogador e com os empresários para negociar a extensão desse vínculo. O elenco do Corinthians se reapresenta em 3 de janeiro, quando iniciará a preparação para a disputa do Campeonato Paulista. 

Até agora, o principal reforço do time alvinegro para a temporada foi a contratação do técnico Fábio Carille. Além dele, o clube também já oficializou quatro reforços para a próxima temporada: o lateral-direito Michel Macedo, o volante Richard e os atacantes Gustavo Mosquito e André Luis. 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.