Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians
Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Romero diz que está 'nervoso' por causa da seca de gols no Corinthians

Jogador não marca há 16 partidas e espera encerrar jejum nesta sexta-feira contra o Flamengo

João Prata, O Estado de S.Paulo

04 Outubro 2018 | 19h06

O atacante Romero admitiu nesta quinta-feira que está "nervoso" por causa da seca de gols pelo Corinthians. O jogador não marca desde o dia primeiro de agosto, na vitória sobre a Chapecoense por 1 a 0, no jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil.

De lá para cá foram 16 partidas sem balançar as redes. "Sempre me cobro por isso. Não tenho feito gols porque mudei a posição. Na direita tenho que voltar para marcar. É diferente de jogar como centroavante, que você fica mais perto do gol. Mas sempre me cobro. Joguei na direita nos últimos quatro anos e fazia gols, não é desculpa isso. Sempre tento o gol, quando não faço eu saio nervoso. Como atacante, acho que é normal isso", comentou.

Romero fez referência ao período que atuou como centroavante. Logo após a parada para a Copa do Mundo, ele atuou mais centralizado e, nos cinco primeiros jogos, marcou sete gols. Sobre a função na direita, ele analisou que o apoio ao ataque vai variar de jogo para jogo.

"É difícil você fazer as duas coisas bem, ou você marca ou você ataca. Depende do adversário. Contra o Flamengo, no Maracanã, quase não ataquei, o jogo permitia isso. Mas em casa eu estou mais perto da área, fico mais à vontade para atacar. É preciso sempre ver o momento do time para atacar e marcar", comentou.

Nesta sexta-feira, às 21h, o Corinthians recebe o Flamengo pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro. Romero reconheceu que será difícil entrar em campo sem pensar no duelo com o Cruzeiro pela final da Copa do Brasil. No entanto, lembrou que a situação do time no torneio por pontos corridos precisa de muita atenção - o clube está a apenas seis pontos da zona de rebaixamento.

"Vou ser mentiroso se dissesse que não penso nesse jogo (da final). A ansiedade é grande para jogar a final e ganhar um título. Mas estamos muito atrás no Brasileiro, a gente precisa somar pontos. Precisamos ganhar do Flamengo", analisou.

Romero tem contrato com o Corinthians até o final de julho de 2019 e falou sobre a renovação. "A gente tem que sentar para negociar. Minha vontade é sempre de ficar. Tenho o sonho de jogar na Europa um dia, mas estou muito feliz aqui. Me adaptei a tudo, é muito perto do Paraguai, estou feliz aqui, mas tem que negociar. Não depende só de mim nem só do Corinthians, tem que sentar em dezembro ou em julho (fim do contrato). Sei que eles querem, está tudo bem."

RETORNO - O centroavante Jonathas voltou a treinar com bola nesta quinta-feira. O jogador está na reta final da recuperação de uma fibrose na coxa direita. Ele foi a campo, realizou o aquecimento, mas ficou de fora do coletivo dos titulares e deve ficar de fora da partida contra o Flamengo.

Outra baixa é a do lateral-direito Fagner, que ainda não treinou com bola desde que deixou o jogo contra o Flamengo na última quarta-feira. A expectativa do departamento médico é que esteja de volta na final contra o Cruzeiro, na outra quarta, no Mineirão.

Nesta quinta-feira, Jair repetiu pelo terceiro dia seguido a formação titular, que é a que entrará em campo contra o Flamengo com: Cássio; Gabriel, Henrique, Léo Santos e Danilo Avelar; Ralf e Douglas; Romero, Mateus Vital, Jadson e Clayson.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.