Daniel Teixeira/Estadão
Daniel Teixeira/Estadão

Rompido com a Federação, Palmeiras não envia representantes para reunião

Clube é o único a não ter dirigentes em encontro que definiu as datas e locais das quartas de final do Estadual

Ciro Campos, João Prata, O Estado de S. Paulo

21 de março de 2019 | 12h38

O Palmeiras não enviou representantes para a reunião na manhã desta quinta-feira, na sede da Federação Paulista de Futebol (FPF), em São Paulo. Por se declarar rompido com a entidade desde abril do ano passado, o clube foi o único a não ter dirigentes no encontro que definiu a data e o local dos jogos das quartas de final do Estadual.

Os outros sete remanescentes do Estadual enviaram representantes. Participaram do encontro o presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, o membro do comitê de gestão do Santos, Bruno Carbone, e os diretores são-paulinos Raí e Lugano. Completaram a reunião os clubes do interior, com as presenças do gestor do Ituano, Juninho Paulista, do diretor executivo do Red Bull, Thiago Scuro, do presidente do Novorizontino, Genilson Santos, e do diretor de futebol da Ferroviária, Roque Junior.

O presidente do Palmeiras, Mauricio Galiotte, declarou rompimento com a FPF depois de sentir que o clube foi prejudicado pela entidade em abril do ano passado, na final do Estadual contra o Corinthians. A equipe alviverde entende que houve interferência externa na arbitragem, que voltou atrás na marcação de um pênalti sofrido pelo atacante Dudu.

A ausência na reunião não foi o primeiro gesto de rompimento. No ano passado, por exemplo, o Palmeiras se recusou a pegar a taça e as medalhas pelo vice-campeonato do Paulista e também não enviou os jogadores para a festa de premiação pelos destaques da competição. A equipe teve em 2018 oito atletas escolhidos na seleção dos melhores da competição.

Para Entender

Guia do Paulistão 2019: tudo o que você precisa saber sobre a competição

Corinthians, Palmeiras, Santos e São Paulo vão iniciar competição com menos de três semanas de pré-temporada

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.