Ronaldinho é 99,9% jogador do Flamengo, diz vice do Milan

Milan e Flamengo chegaram a um acordo neste sábado pela transferência do meia-atacante Ronaldinho para o clube mais popular do Brasil, anunciou o vice-presidente do clube italiano, Adriano Galliani.

REUTERS

08 de janeiro de 2011 | 15h21

"Creio que a chance de Ronaldinho jogar pelo Flamengo é de 99,9 por cento", disse o dirigente a jornalistas após reunião com a presidente do Flamengo, Patricia Amorim, no Rio de Janeiro.

Atendendo a um pedido do próprio jogador de 30 anos, que deseja retornar ao futebol brasileiro para reencontrar sua melhor forma e ter mais chances de jogar a Copa do Mundo de 2014, o Milan aceitou esta semana negociar com times do Brasil pela transferência de Ronaldinho.

O Grêmio, clube onde Ronaldinho foi revelado e de onde saiu em 2001 de forma litigiosa para defender o Paris St. Germain, já tinha afirmado que estava próximo de repatriar o jogador, mas a negociação deste sábado entre Galliani e o Flamengo representa uma reviravolta na prolongada discussão sobre o futuro do meia.

A presidente do Flamengo disse que agora falta ao clube apenas acertar os detalhes financeiros com Ronaldinho.

"Flamengo e Milan chegaram a um acordo sobre a transferência... Faltam dois ou três dias para acertar isso (com Ronaldinho)," disse a jornalistas.

Além do Flamengo e Grêmio, o Palmeiras também fez proposta para ter Ronaldinho nesta temporada.

(Por Pedro Fonseca)

Tudo o que sabemos sobre:
FUTRONALDINHOMILAN*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.