AFP
AFP

Ronaldinho é sacado no 1º tempo e deixa estádio com jogo em andamento

Meia brasileiro não volta sequer para o banco de reservas

O Estado de S. Paulo

22 de maio de 2015 | 09h19

Nesta quinta-feira, em partida válida pelas semifinais do Torneio Clausura do Campeonato Mexicano, Ronaldinho Gaúcho voltou a protagonizar polêmicas. O brasileiro foi sacado ainda na primeira etapa da partida quando sua equipe, o Querétaro, já perdia por 2 a 0 para o Pachuca, e deixou o estádio com o segundo tempo em andamento em um veículo do clube.

O meia teve atuação apagada durante o primeiro tempo e apenas assistiu à queda do Querétaro diante do Pachuca. Logo aos dez minutos de jogo, o argentino Ezequiel Cano abriu o placar para o time da casa. Aos 39, Rodrigo Salinas ampliou de cabeça após cobrança de escanteio. Para piorar a situação do time de Ronaldinho, o zagueiro Ricardo Osorio, aos 41, acabou sendo expulso. Sobrou para o brasileiro, que foi substituído nos acréscimos para a recomposição da defesa.

Ronaldinho sequer voltou para o banco na segunda etapa e ficou nos vestiários, antes de deixar o estádio em um veículo do clube enquanto o jogo ainda estava em andamento. Vale lembrar que o camisa 49 foi o grande destaque das quartas de final da competição, quando o Querétaro se classificou contra o Vera Cruz. A segunda partida do confronto está marcada para segunda-feira, quando os 'Gallos Blancos' recebem o Pachuca precisando vencer por dois gols de diferença para ir à final do torneio, pois teve melhor campanha na 1ª fase. No outro jogo das semifinais, o Santos Laguna empatou em casa, em 0 a 0, com o Chivas Guadalajara.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.