Divulgação
Divulgação

Ronaldinho aceita cobranças e diz que pode brilhar pelo Flu

'Vou me dedicar cada dia mais para alcançar um bom nível'

Estadão Conteúdo

31 de agosto de 2015 | 18h24

A derrota do Fluminense por 2 a 1 para o Atlético Mineiro, domingo, no Maracanã, além de impedir o time de entrar no G4 do Campeonato Brasileiro, acabou ficando marcado pelas vaias ao astro Ronaldinho Gaúcho. Cobrado pela atuação apagada após ser poupado de duas partidas para melhorar o seu condicionamento físico, o craque admitiu que ainda não conseguiu brilhar pelo clube, mas garantiu que ainda pode jogar em alto nível.

"Acredito que posso chegar no meu melhor nível sim. Estou trabalhando muito para isso. É um desafio e eu gosto muito de desafios. Estou me dedicando. Acreditando nisso, vou me dedicar cada dia mais para alcançar um bom nível e ajudar o Fluminense", disse, em entrevista coletiva nesta segunda-feira nas Laranjeiras.

Na avaliação de Ronaldinho, o que vem mais lhe impedindo de brilhar pelo Fluminense é a falta de ritmo de jogo. Mas ele se diz pronto para suportar as cobranças e garantiu que já esperava enfrentar dificuldades no início da sua passagem pelo time das Laranjeiras.

"Depois de muito tempo sem jogar, ainda estou adquirindo ritmo. Tenho que continuar trabalhando, me esforçando do mesmo jeito, para que as boas atuações possam acontecer, para que o entrosamento possa ficar cada dia melhor e para que a gente possa continuar brigando pelo título. Agora é treinar cada vez mais para chegar no alto nível", afirmou.

Com 33 pontos, o Fluminense é apenas o sétimo colocado no Brasileirão, a 13 do líder Corinthians. Ronaldinho, no entanto, não descarta a possibilidade do time lutar pelo título nacional. "Tem que pensar sim, se ainda tem chances. Sabemos das dificuldades, mas temos que encurtar os pontos que tem do líder, continuar trabalhando e acreditar", comentou.

O líder Corinthians será justamente o próximo adversário do Fluminense no Brasileirão. Os times vão se enfrentar na quarta-feira, no Itaquerão, em jogo válido pela 22ª rodada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.