Massimo Pinca/AP
Massimo Pinca/AP

Ronaldinho marca dois, e Milan bate Juventus por 3 a 0

Com a vitória no clássico, equipe consolida a segunda posição, com 37 pontos; a Inter segue na liderança

AE, Agencia Estado

10 de janeiro de 2010 | 20h06

Com dois gols do brasileiro Ronaldinho Gaúcho, o Milan venceu a Juventus por 3 a 0, neste domingo, em Turim, e deu continuidade, em grande estilo, ao bom momento que vive no Campeonato Italiano. Com o triunfo obtido no clássico, o time se consolidou na vice-liderança, com 37 pontos. Já a Juventus segue em terceiro lugar, com 33, mas agora tem a companhia do Napoli, que ganhou na rodada e soma a mesma pontuação.

O Milan, que agora está oito pontos atrás da líder Inter de Milão, também contou com a presença de Bekcham em campo. Foi o segundo jogo do astro inglês pelo time depois de seu retorno ao clube. Já Alexandro Pato, lesionado, não ficou nem no banco de reservas do Milan.

A Juventus, que contou com os brasileiros Diego, Felipe Melo e Amauri em campo, tinha mais posse de bola que o Milan na etapa inicial, mas acabou sofrendo o primeiro gol aos 28 minutos. Nesta aproveitou escanteio cobrado por Pirlo para completar para as redes e abrir o placar.

Com o gol, o time de Turim acabou se abalando e quase sofreu o segundo por duas vezes no final do primeiro tempo. Primeiro em forte chute do zagueiro Thiago Silva e depois em uma cabeça de Ronaldinho Gaúcho.

Na etapa final, o técnico Ciro Ferrara sacou Salihamidzic e apostou na entrada do veterano Del Piero, depois de a Juventus quase chegar ao empate no início da segunda etapa. Porém, o Milan voltou a marcar por meio de uma bola parada.

VEJA TAMBÉM:
\"lista\" ITALIANO - Leia mais da competição
\"tabela\" ITALIANO - Tabela / Classificação
Pirlo cobrou novo escanteio e Ronaldinho, no primeiro pau, desviou de cabeça para marcar o seu primeiro gol no jogo, aos 25 minutos. A bola desviou em um defensor da Juventus antes de entrar, mas o gol foi dado ao brasileiro.

E, aos 43 minutos do segundo tempo, Ronaldinho fechou o placar para o Milan. Após receber cruzamento de Beckham, dominou com categoria e tocou no canto do goleiro Manninger.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.