Ronaldinho pode ir para o Chelsea no final da temporada

Imprensa européia diz que jogador já teria acertado a transferência; Barcelona nega a saída do atleta

Ansa,

27 de março de 2008 | 12h19

Ronaldinho estaria de malas prontas para ir à Inglaterra, segundo informou nesta quinta-feira a imprensa européia. O Chelsea já teria desembolsado 15,5 milhões de euros (cerca de R$ 40 milhões) para incluir o jogador na sua esquadra. No entanto, o Barcelona nega essa informação. Veja também: Thiago Motta aconselha Ronaldinho a deixar o Barcelona O brasileiro de 28 anos foi quase comprado pelo clube inglês há algum tempo, sob um contrato de cinco anos, período em que o atacante receberia 14 milhões de euros (R$ 36 milhões) por temporada. Faltou apenas fechar o acordo com o Barça, que não quis vendê-lo na ocasião. Agora, os dirigentes do clube catalão, cansados dos caprichos do brasileiro (principalmente das noitadas), resolveram cedê-lo, abatendo o custo inicial de 120 milhões de euros (R$ 312 milhões). Mas os espanhóis negaram veemente essa informação. "Não haverá separação nenhuma com Ronaldinho, por quem nutrimos o máximo respeito", afirmou Joan Laporta, presidente do Barcelona, que procurou calar os rumores de que o brasileiro iria embora do time. Segundo os jornais espanhóis, o Barça não estaria mais disposto a aceitar o comportamento do atacante e, principalmente, não estaria satisfeito com as condições físicas do brasileiro, motivo que fez com que o técnico Frank Rijkaard não o convocasse para os últimos jogos. O contrato de Ronaldinho com o clube catalão vence só em 2010, e ele recebe oito milhões de euros (R$ 20 milhões) ao ano. Mesmo assim, Laporta é enfático na sua decisão de não querer ceder o craque. "Ronaldinho é um jogador que deu muito ao nosso clube, está apenas atravessando um momento difícil devido a alguns problemas físicos. De qualquer maneira, devemos nos concentrar no final da temporada, pensando no time e não nas individualidades", declarou. NOITADASAs saídas noturnas de Ronaldinho também foram relatadas pelo ex-técnico francês Luis Fernández. Em seu livro, lançado nesta quinta-feira, o ex-treinador acusou o brasileiro de não cuidar de seu físico, de ser um freqüentador assíduo das noites e de levar mulheres para concentrações. As saídas noturnas de Ronaldinho foram alvos de críticas da imprensa espanhola nesta semana. As noitadas seriam o principal motivo pela queda de rendimento do brasileiro no Barcelona.

Tudo o que sabemos sobre:
Ronaldinho GaúchoFC BarcelonaChelsea

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.