Ronaldinho vibra por parceira com Kaká no Milan

Ronaldinho Gaúcho afirmou que estáanimado pela parceria com Kaká no Milan, ao ser apresentadonesta quinta-feira como principal reforço do clube italianopara a próxima temporada. O estádio San Siro recebeu quase metade de sua lotação paradar as boas-vindas ao jogador de 28 anos, que vestiu uma camisado Milan e acenou para o público de dentro do campo. O técnico do Milan, Carlo Ancelotti, disse que o ex-jogadordo Barcelona provavelmente jogará ao lado de Kaká nomeio-campo, num esquema tático em forma de triângulo com apenasum atacante à frente deles. E não foi somente a torcida do Milan e seu técnico quegostaram da idéia. "Será animador jogar ao lado de Kaká. Ele é um dos melhoresjogadores do mundo, e também é meu amigo. Na seleçãobrasileira, nós jogamos bem juntos", disse Ronaldinho, que, aocontrário de Kaká, recebeu autorização do Milan para disputar aOlimpíada de Pequim, no mês que vem. "Todo jogador sonha em jogar no Milan. É uma emoçãoespecial, e espero trazer alegria para todos os torcedores." A última temporada de Ronaldinho no Milan foi marcada porproblemas físicos e de rendimento, além das críticas quanto àagitada vida noturna do jogador. Mas o brasileiro disse que sempre levou uma vida normal eque está em forma. "Foi um período bonito, nós conquistamos troféusimportantes, mas após recentes frustrações, nós decidimosjuntos tomar caminhos diferentes", disse ele em entrevistacoletiva. "Sempre levei uma vida normal, e vou continuar assim. Estouem boa condição física." A chegada de Ronaldinho ao Milan impulsionou a venda deingressos e aumentou os acessos ao site oficial do clube. Osite oficial do time (www.acmilan.com) informou que recebeumais de 10 vezes o volume normal de visitantes desde que saiu anotícia da contratação de Ronaldinho. Na quarta-feira, quando Ronaldinho chegou a Milão, ostorcedores compraram mais de 5.230 ingressos para estatemporada -- o total de ingressos vendidos foi de 18.518durante todo o período de pré-temporada. Alguns torcedores não puderam comprar ingressos naquinta-feira, e o Milan informou que houve um problema técnico. O clube, que desapontou o torcedor ao ficar apenas emquinto lugar na última temporada do Campeonato Italiano, nãodisse se a falha foi ocasionada pelo aumento da demanda.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.