Ronaldinho volta a ser chamado para defender a seleção brasileira

O técnico Mano Menezes também aposta no meia do Flamengo para a Copa do Mundo de 2014

SÍLVIO BARSETTI, Agência Estado

18 de agosto de 2011 | 11h27

RIO - O meia Ronaldinho Gaúcho está de volta à seleção brasileira. Nesta quinta-feira, o astro do Flamengo foi chamado pelo técnico Mano Menezes para defender a equipe no amistoso contra Gana, marcadom para o dia 5 de setembro, no Craven Cottage Stadium, em Londres. Além de dar nova chance ao vice-artilheiro do Campeonato Brasileiro, outros 23 atletas fazem parte da lista do treinador.

Ronaldinho havia sido convocado apenas uma outra vez por Mano. O meia foi lembrado para amistoso contra a Argentina, disputado em novembro de 2010, em Doha, no Catar. Naquele jogo, o Brasil foi mal: perdeu de 1 a 0. O astro teve atuação apagada e não foi mais lembrado pelo técnico, que somente agora se rendeu ao desempenho do meia no Brasileiro.

A presença do lateral-esquerdo Marcelo na lista é outra novidade. O jogador do Real Madrid, expulso quarta-feira no clássico com o Barcelona, se envolveu em polêmica com o treinador nacional supostamente por ter forçado uma dispensa para retornar ao seu clube quando foi chamado para amistoso contra a Escócia, em março.

Agora, porém, Marcelo parece ter sido perdoado pelo treinador, que, em contrapartida, não convocou o lateral-esquerdo André Santos, com quem trabalhou no Corinthians e que falhou na derrota da seleção para a Alemanha por 3 a 2, dia 10, em Stuttgart. Até então, André Santos havia sido convocado para todos os jogos do Brasil.

Maicon, que está contundido, é outro lateral que não participa da partida contra Gana. A ausência do jogador da Inter de Milão abriu espaço para que Mano chamasse Danilo, do Santos, que defende a seleção brasileira no Mundial Sub-20. Outra novidades é a presença do goleiro Fábio, do Cruzeiro. Para a posição, o treinador abriu mão do gremista Victor, que vinha sendo presença constante no grupo. Os atacantes Leandro Damião, do Internacional, e Hulk, do Porto, também foram lembrados deste vez. Fred, do Fluminense, ficou fora.

Confira a lista de convocados:

Goleiros - Julio Cesar (Inter de Milão), Fábio (Cruzeiro) e Jefferson (Botafogo)

Laterais - Daniel Alves (Barcelona), Adriano (Barcelona), Danilo (Santos) e Marcelo (Real Madrid)

Zagueiros - Lúcio (Inter de Milão), David Luiz (Chelsea), Dedé (Vasco) e Thiago Silva (Milan)

Meio-campistas - Ralf (Corinthians), Luiz Gustavo (Bayern de Munique), Lucas Leiva (Liverpool), Elias (Atlético de Madrid), Fernandinho (Shakhtar Donetsk), Lucas (São Paulo), Ganso (Santos) e Ronaldinho Gaúcho (Flamengo)

Atacantes - Alexandre Pato (Milan), Hulk (Porto), Leandro Damião (Inter), Robinho (Milan) e Neymar (Santos)

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.