Ronaldo anuncia que vai encerrar carreira no Corinthians

O atacante Ronaldo afirmou nesta terça-feira que está acertando os detalhes para a renovação de seu contrato com o Corinthians e que vai encerrar a carreira no clube paulista.

REUTERS

20 de outubro de 2009 | 14h21

O jogador, de 33 anos, cujo contrato com o Corinthians termina em dezembro, disse que já está decidido a permanecer na equipe em 2010 para disputar a Copa Libertadores da América no ano do centenário do clube.

"O fico eu já dei. Agora estamos acertando detalhes do contrato", disse Ronaldo em entrevista coletiva, de acordo com o site do clube (www.corinthians.com.br).

Ronaldo, três vezes eleito pela Fifa o melhor jogador do mundo, já disputou 31 jogos e marcou 19 gols pelo Corinthians em sua primeira temporada por um clube brasileiro desde que foi negociado pelo Cruzeiro com o PSV Eindhoven, da Holanda, em 1994.

O atacante, que na Europa defendeu ainda Barcelona, Inter de Milão, Real Madrid e Milan, ajudou o Corinthians a conquistar o Campeonato Paulista e a Copa do Brasil este ano, garantindo vaga na Libertadores de 2010.

"Esse amor que eu sempre tive pelo Flamengo ficou de lado. Sou corintiano e vou encerrar minha carreira aqui", disse o camisa 9, reconhecidamente torcedor do Flamengo e que chegou a treinar no clube do Rio antes de assinar com o Corinthians, em dezembro do ano passado.

"Sou eterno parceiro do Corinthians, não tem como mudar. Essa história vai ficar por muitos anos", acrescentou.

Ronaldo, que após o bom começo de temporada ficou dois meses afastado dos gramados devido à uma fratura na mão e ainda não recuperou a plena forma, voltou a falar sobre o desejo de disputar a Copa do Mundo de 2010, que seria a quinta de sua carreira, mas demonstrou cautela.

"Minha expectativa de voltar vai depender muito do Paulista e da Libertadores, da minha performance nessas duas competições", afirmou o atacante, que elogiou o trabalho do técnico Dunga, seu companheiro de time nos Mundiais de 1994 e 1998. "A seleção fez um ótimo trabalho, as eliminatórias nunca foram fáceis e o Dunga tem crédito."

(Por Pedro Fonseca)

Tudo o que sabemos sobre:
FUTRONALDOCORINTHIANS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.