Ronaldo assume que talvez tenha de encerrar carreira

O atacante Ronaldo colocou em dúvida,nesta sexta-feira, o futuro de sua carreira como jogador, apóster sido submetido a uma nova cirurgia no joelho que o deixaráafastado dos gramados por pelo menos nove meses. "Eu ainda não me decidi sobre o que devo fazer, mas estoupronto para tudo", afirmou o atacante, eleito três vezes melhorjogador do mundo pela Fifa, em uma entrevista coletiva antes dedeixar o Hospital Pitié-Salpètrie, em Paris. "Minha vontade é de continuar jogando, meu coração me dizisso, mas meu corpo me dá sinais de que está cansado, de queprecisa descansar", acrescentou, falando em português eitaliano enquanto o ex-jogador Leonardo, atual diretoresportivo do Milan, traduzia para a imprensa francesa. "Se no final da recuperação eu estiver bem, sem nenhum tipode dor, sem nenhum receio, eu continuarei a jogar futebol. Masse for de outra maneira, vai ser uma decisão difícil, dura,triste para mim e creio que para muitas outras pessoas também,então será o momento de deixar o futebol." Ronaldo, maior artilheiro da história das Copas do Mundo,com 15 gols, rompeu o tendão patelar do joelho esquerdo durantepartida do Milan contra o Livorno, pelo Campeonato Italiano. Ojogo, realizado no dia 13 de fevereiro, terminou empatado em 1x 1. SEIS MESES O cirurgião que operou o atacante de 31 anos de idade, EricRolland, disse que "ele pode voltar a correr dentro de cincomeses, mas não poderá treinar antes de nove meses." "Qualquer coisa pode acontecer nos próximos três mesesporque as cirurgias não são uma ciência exata. Tudo dependerádo período de reabilitação." "Vamos fazer um primeiro exame dentro de três meses e umoutro dentro de seis meses. Do ponto de vista médico, é precisoser cauteloso pelos próximos seis meses," acrescentou. "A recuperação não dependerá de Ronaldo nos primeiros seismeses. Depois disso, tudo dependerá dele. Fisicamente, ele é umhomem notável", disse Rolland. O atacante sofreu duas lesões graves no joelho direitoenquanto jogava pela Inter de Milão, em 1999 e em 2000, mas serecuperou a tempo de ajudar o Brasil a conquistar a Copa doMundo de 2002, marcando os dois gols da vitória por 2 x 0contra a Alemanha, na final. A seguir, Ronaldo jogou pelo Real Madrid e então ingressouno Milan, em janeiro de 2007. Nesta temporada, porém, o atacante atuou pouco devido a umasérie de lesões, e o time italiano, atual campeão da Liga dosCampeões, ainda não renovou o contrato dele. "O clube estará sempre ao lado dele", disse Leonardo. Ronaldo deu pouca importância a essa questão. "Acho queeste não é o momento certo para se falar sobre um novocontrato. Lamento que as coisas tenham ocorrido dessa forma."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.