Ronaldo ataca a imprensa por problema de peso

O atacante Ronaldo acusa a imprensa de ser a responsável por criar polêmica em relação a seu peso. Questionado neste domingo por jornalistas sobre sua condição física, o atacante se queixou do tema e do tratamento que vem recebendo. E atacou os repórteres. ?Se eu falo sobre isso, vocês (jornalistas) não acreditam. Se o médico diz, não acreditam. Se o técnico (Carlos Alberto) Parreira diz, ninguém acredita. Cada dia vocês fazem uma confusão. Estão sempre perguntando isso", disparou Ronaldo. Desde que a seleção passou a treinar na pacata cidade de Weggis, na Suíça, a condição de Ronaldo vem sendo assunto de debates. No primeiro dia de treinos, ele correu separadamente dos demais jogadores. Tenta recuperar a forma, pois está parado há um mês e meio por causa de contusão na coxa direita. O atacante chegou a admitir que sentiu dores musculares e a comissão técnica deixou claro que seu peso ainda não era o ideal. Para completar, o chefe do Departamento Médico da seleção, José Luiz Runco, afirmou que o peso de Ronaldo era ?altamente confidencial?. Em dois dias de treinos no fim de semana, Ronaldo marcou três gols. Dois no sábado, em coletivo, e um neste domingo, na vitória brasileira sobre o Fluminense, em jogo-treino. ?Estou apenas treinando com o grupo, voltando de uma lesão, e quem precisa fazer uma avaliação de meu desempenho é o Parreira. Eu não preciso ficar obcecado com a minha condição ou como eu estou. Tenho que deixar a coisa acontecer. Está tudo indo bem?, garantiu o jogador. Antes de finalizar o bate-papo com os jornalistas, o Fenômeno ainda ironizou o trabalho da imprensa às vésperas do início do Mundial da Alemanha. ?Entendo que é muito difícil cobrir uma Copa do Mundo sem ter uma polêmica. Mas não temos que aumentar as coisas?, disse. Perguntado sobre qual achava ser o motivo da polêmica sobre seu peso, Ronaldo voltou a cutucar a imprensa. ?São os jornalistas que devem responder a isso.? Elogios do comandanteIndependentemente da questão do peso, Ronaldo vem recebendo rasgados elogios de Parreira. O treinador afirmou ter ficado extremamente satisfeito com a atuação do craque nas atividades do fim de semana e reiterou que aposta em seu talento na Copa. ?O Ronaldo está sob controle, ele já teve melhora na parte física e na técnica e vai chegar bem à Copa, mas é evidente que não dá para comparar o físico do Ronaldo de 1994 ao Ronaldo de 2006?, declarou Parreira. ?Ele é um jogador de decisão, é de fazer gols, dos grandes momentos.?

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.