Ronaldo continua rotina de treinos

O atacante Ronaldo deverá iniciar, provavelmente no final da próxima semana, os treinamentos com bola, em seu período de recuperação no Rio. Voltar a atuar pelo clube italiano, no entanto, é mais complicado. Há quase duas semanas se recuperando de uma lesão no músculo da parte posterior da coxa esquerda, o jogador só deverá atuar pelo clube italiano na segunda quinzena do próximo mês. O médico da Seleção Brasileira, José Luiz Runco, que acompanha diariamente as atividades físicas do jogador, disse que, por enquanto, Ronaldo continuará com o programa de treinamentos elaborado em conjunto com o médico da Internazionale, Franco Combi. Os dois se encontraram, no Rio, na última quarta-feira. Segundo Runco, Ronaldo está totalmente recuperado da contusão ocorrida dia 23 de dezembro último, durante a pré-temporada da Inter, em Palma de Mallorca, na Espanha. Hoje, Ronaldinho continuou a rotina de treinos. Durante aproximadamente 6 horas, em dois períodos, o jogador realizou exercícios de fortalecimento muscular, incluindo uma série de alongamentos na clínica do fisioterapêuta Nilton Petroni, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio. À tarde, o atacante participou de corridas de longa distância na Praia da Barra, totalizando quase 5 quilômetros. Ronaldo não quis comentar as declarações do holandês Seedorf, de que a indefinição sobre a recuperação e expectativa da volta aos gramados estejam prejudicando mais a Inter de Milão do que o jogador. O atacante deverá permanecer por, pelo menos, mais um mês no Brasil. A Internazionale autorizou a vinda do jogador para se recuperar no Rio de Janeiro, mas exige que o restante do tratamento seja feito na Itália. A imprensa italiana fez críticas à ida de Ronaldinho, durante o carnaval, ao camarote do patrocinador da Seleção Brasileira. "Pelo aspecto psicológico, é melhor ele se recuperar no Brasil, onde está em casa", afirma o médico José Luiz Runco, que submeteu Ronaldo a exames de ultrassonografia e ressonância magnética. "A lesão está curada.Falta, agora, um maior equilíbrio muscular", afirma Runco. O fisioterapêuta Nilton Petroni afirma que a situação do jogador é mais simples do que muita gente comenta. "Ele teve cansaço muscular por causa da seqüência de jogos, mas já esperávamos por isto, porque há quase dois anos o Ronaldo está sem atividade de alto nível", afirma Filé, referindo-se, principalmente, às quatro lesões musculares em pouco mais de três meses. Segundo Filé, o período de treinamentos no Rio está sendo proveitoso."Ele está se recuperando. Clinicamente, não tem mais nada. Dentro de 15 dias estará pronto para trabalhar com bola", afirma o fisioterapêuta, reforçando a previsão do médico da Seleção Brasileira. Na próxima segunda-feira, o preparador físico da Inter, Claudio Gaudino, chegará ao Rio. Gaudino orientou Ronaldo, nos primeiros dias em que o atacante chegou ao Brasil, mas retornou a Itália antes do carnaval.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.