Ronaldo decepciona, mas segue intocável no time

Ronaldo não foi bem na estréia do Brasil na Copa do Mundo. Fora de forma, ele pouco se movimentou em campo e acabou sendo substituído no segundo tempo do jogo em que a seleção venceu a Croácia por 1 a 0, nesta terça-feira, em Berlim. Mesmo assim, o técnico Carlos Alberto Parreira já avisou que o atacante segue como titular do time.Substituído por Robinho aos 23 minutos do segundo tempo, Ronaldo viu o resto da partida no banco de reservas. E, na hora de deixar o Estádio Olímpico de Berlim, evitou os jornalistas e não deu entrevistas.Mas Parreira falou por ele, garantindo sua presença no time que enfrenta a Austrália no domingo, em Munique, pela segunda rodada da Copa. ?O Ronaldo está escalado. É um jogador decisivo e importante?, disse o treinador, evitando polêmicas.Ronaldo enfrentou uma preparação complicada para a Copa. Voltando de contusão muscular que o afastou do final da temporada no Real Madrid, ele lutou para entrar em forma. Mas teve bolhas no pé, chegou a ter febre um dia e se envolveu numa polêmica com o presidente Lula.?O Ronaldo mesmo afirmou que não está 100%. Vamos esperar o Ronaldo fazer tudo o que ele pode, dando um pouco mais de movimentação em campo?, disse o meia-atacante Kaká. ?Estamos ao lado do Ronaldo. Sabemos do que ele é capaz e ele ainda vai brilhar nessa Copa?, afirmou o volante Emerson. Substituto naturalPor outro lado, Robinho entrou bem no time, mostrando muita movimentação em campo. Mesmo assim, continuará na reserva de Ronaldo no próximo jogo, contra a Austrália. ?Estou à disposição. Vou esperar minha oportunidade, torcendo para quem está jogando?, avisou o atacante, que fez sua estréia em jogos de Copa do Mundo. ?Foi uma emoção única.?

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.