Ronaldo deixa claro que pretende continuar no Milan

Jogador volta a jogar pelo clube milanês e diz que não pretende vestir a camisa do Flamengo, agora

08 de janeiro de 2008 | 20h17

Depois de voltar a jogar pelo Milan, nesta terça-feira, no amistoso diante da seleção dos Emirados Árabes, o atacante Ronaldo deixou claro que não pretende vestir a camisa do Flamengo, neste momento, colocando por água abaixo a vontade da diretoria rubro-negra.Veja também: Ronaldo volta a jogar pelo Milan em amistoso no Oriente "Estou me sentindo bem, e me coloco à disposição do técnico para o jogo de domingo", disse Ronaldo, que falou pela primeira vez sobre o interesse do Flamengo em contratá-lo. "É verdade que o Flamengo me quer, mas minha vontade agora é fazer por merecer um lugar no time do Milan. O clube sempre confiou em mim e é aqui que quero jogar." A declaração de Ronaldo derruba mais uma das "informações" dadas no final do ano passado pelo vice-presidente flamenguista Kléber Leite. O cartola havia dito que a vontade de Ronaldo era se transferir já em janeiro para o Flamengo. Kléber Leite também havia dito que o Milan tinha lhe dado autorização para negociar com o atacante, o que foi categoricamente desmentido pelo vice-presidente Adriano Galliani - que nesta terça reafirmou em Dubai que o Milan não negociará Ronaldo agora.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.