Ronaldo desencanta e é o artilheiro

Ronaldo desencantou. Esperou um ano e três dias para voltar a marcar gol com a camisa da seleção brasileira. E teve paciência para ser em grande estilo. O atacante do Real Madrid balançou as redes da Venezuela aos 6 minutos do segundo tempo, nesta quarta-feira, em Belém, fazendo o segundo do Brasil na vitória por 3 a 0. Driblou até o goleiro Dudamel antes de empurrar a bola para o fundo das redes.Seu último gol havia sido em 9 de outubro de 2004, também nas Eliminatórias e diante da mesma Venezuela. Assim, ele se despede da competição como seu maior artilheiro, com 10 gols - já é o brasileiro que mais marcou gols numa mesma eliminatória. ?Xô, jejum! Espero não passar por outro tão longo. Falaram tanto das nossas comemorações e agora quem marca, apanha?, disse Ronaldo, referindo-se aos tapas que levou dos companheiros após o gol.Logo após o jogo, Ronaldo e seus companheiros de Real Madrid ? Roberto Carlos, Robinho e Júlio Baptista ? viajaram em jatinho fretado para a Espanha. E Ronaldinho Gaúcho, do Barcelona, pegou uma carona no vôo.

Agencia Estado,

12 de outubro de 2005 | 23h55

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.