Ronaldo diz que ainda não está pronto para volta a jogar

Atacante diz que não pretende cometer, de novo, o erro de voltar sem estar totalmente curado

EFE

15 de outubro de 2007 | 12h59

O atacante Ronaldo, do Milan, e que está lesionado desde o fim de agosto, não estará pronto para o jogo contra o Empoli, no próximo domingo, pelo Campeonato Italiano, embora o próprio jogador tenha dito que está "perto" de voltar aos gramados. "Ainda seguimos trabalhando (na recuperação), estamos próximos, mas não para o próximo domingo. Cometemos um erro e não queremos repeti-lo", afirmou Ronaldo a um canal de TV fechado. A partida de domingo contra o Empoli, pela oitava rodada do Italiano, era vista no Milan como a que marcaria o retorno de Ronaldo ao time. O vice-presidente do atual detentor do troféu da Liga dos Campeões, Adriano Galliani, havia expressado essa intenção no último dia 8. Ronaldo ainda não disputou um jogo oficial na atual temporada. O desfalque do atacante levantou grande polêmica na Itália, diante das constantes visitas do brasileiro a vários médicos, no Rio de Janeiro, na Itália e até na Bélgica. Ronaldo sofreu uma lesão muscular em 31 de julho e o prazo inicial dado para sua recuperação era de menos de duas semanas. O atacante tinha disputado seu primeiro e único jogo da pré-temporada da equipe de Milão em 29 de julho, frente ao modesto Lecco. Na ocasião marcou um gol. "Necessitamos de muita calma. Estamos tranqüilos e seguindo nossa programação. Desejamos ir com prudência e tranqüilidade para estar certos da possibilidade de retorno (aos gramados)", avaliou Ronaldo.

Tudo o que sabemos sobre:
Campeonato ItalianoRonaldo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.