Evelson de Freitas/AE
Evelson de Freitas/AE

Ronaldo diz que está pronto para jogar na estreia do Campeonato Paulista

Fenômeno se colocou à disposição do técnico Tite para jogo contra a Portuguesa, no domingo

VITOR MARQUES, Agência Estado

13 de janeiro de 2011 | 16h20

Em seu último ano como jogador profissional, Ronaldo quer atuar no maior número de jogos possível. Por isso mesmo, ele já se colocou à disposição do técnico Tite e disse nesta quinta-feira que está pronto para entrar em campo na abertura da temporada do Corinthians, domingo, contra a Portuguesa, no Pacaembu, pela primeira rodada do Paulistão.

Veja também:

especialPAULISTÃO - Dê seu palpite sobre os jogos da 1.ª rodada

Eu quero jogar sempre, prefiro jogar do que treinar. Estarei à disposição do Tite no domingo", avisou Ronaldo, durante a sua primeira entrevista coletiva de 2011, nesta quinta-feira, quando também falou de sua temporada de despedida do futebol. "Espero que este ano seja um ano sem lesões. E espero estar em campo na maior parte dos jogos."

Apesar de confirmar sua presença na estreia de domingo, Ronaldo admitiu que sua preparação está voltada para o confronto com o Tolima, no dia 26 de janeiro, pela fase preliminar da Libertadores. "Nós temos que planejar bem para chegar bem fisicamente nesse jogo da Libertadores, que é nosso principal objetivo. Na Libertadores estarei bem melhor", explicou.

Ronaldo contou que fez um "grande sacrifício" durante a pré-temporada corintiana, realizada na cidade de Itu, no interior de São Paulo, para poder "estar bem o ano todo". Mesmo porque, ele tem consciência de que é fundamental para o time do Corinthians. "Espero jogar o máximo de jogos possível, sei da minha importância quando estou dentro de campo", afirmou o atacante de 34 anos.

Mesmo com a ausência de reforços já consagrados, Ronaldo está feliz com o elenco do Corinthians para 2011. "Temos um grande time, um grupo que se conhece muito bem", elogiou o atacante, que, no entanto, disse esperar mais contratações. Tudo, segundo ele, para tentar conquistar o sonhado título da Libertadores. "A gente carrega um peso de quem nunca conquistou a Libertadores. Não é culpa nossa, é das gerações anteriores, mas a responsabilidade está em cima da gente."

Mas, independente da sua responsabilidade dentro do Corinthians e da pressão de disputar a Libertadores, Ronaldo espera aproveitar ao máximo o seu último ano como jogador profissional de futebol. "Vamos tentar fazer desse ano um ano divertido e feliz para a nação corintiana", afirmou o astro.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCorinthiansRonaldo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.