Ronaldo diz que não tem previsão para estrear no Corinthians

Jogador não quer fugir da responsabilidade nos jogos; time estréia em 21 de janeiro no Campeonato Paulista

Rafael Vergueiro - estadao.com.br,

12 de dezembro de 2008 | 12h38

Foram apenas dois toques na bola em uma tímida embaixadinha. O suficiente para a torcida corintiana se encher de alegria e esperança para a temporada 2009, que já está sendo chamada de Fenomenal. O atacante Ronaldo vestiu pela primeira vez a camisa do seu novo clube e, por enquanto, promete apenas muito trabalho. Veja também:Ronaldo veste a camisa do Corinthians Diretoria do Corinthians pede paciência com Ronaldo Corintianos fazem festa antes da apresentação de Ronaldo  Ronaldo: 'O Corinthians apareceu como uma luz'Ronaldo deve estrear em amistoso no dia 17 de janeiro  TV Estadão: Vinda de Ronaldo é um acerto Vote: o Corinthians acertou em contratá-lo?Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão "A camisa do Corinthians sem dúvida é muito importante e eu vou carregar uma responsabilidade imensa", disse Ronaldo, nas suas primeiras palavras no novo clube. "Tenho total certeza de que serei o mais cobrado nos treinos, no jogos e não vou fugir dessa responsabilidade", disse o atacante, que ainda se recupera de uma grave lesão no joelho esquerdo. A Diretoria do Corinthians, e próprio Ronaldo, tentam evitar uma possível ansiedade pela volta do jogador. A primeira partida oficial do time é no Campeonato Paulista, em casa, em 21 de janeiro, contra o Barueri. Mas o clube ainda estuda a possibilidade de fazer um amistoso antes disso. "Estou seguindo a programação de treinamentos. Com chuva, ou com sol, estou nos treinamentos. Estamos chegando em uma fase importante do tratamento, que é a recuperação da parte física e muscular", afirmou o jogador.Mário Gobbi, diretor de futebol, compartilha da opinião e diz não ter pressa para ver o jogador em campo. "Ele vai jogar quando tiver condições de jogar. A recuperação física leva tempo e que ele seja feliz no tempo certo." 

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCorinthiansRonaldo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.