Ronaldo diz que volta em 2 semanas

O jogador Ronaldo acha que exagerou na dose, ao disputar três partidas em dez dias. Nesta segunda-feira, em entrevista concedida após o seu desembarque no Rio, o atacante da Internazionale de Milão falou sobre a contusão sofrida no jogo de domingo contra o Piacenza, quando deixou o campo com uma contratura na coxa esquerda. ?Isso serve como experiência. Não acredito que seja muito grave. Foi exatamente a mesma coisa que senti contra o Lecce. Devo ficar umas duas semanas sem jogar?, comentou o jogador, fazendo referência a um jogo de 4 novembro, também do Campeonato Italiano, quando apresentou omesmo problema. O desembarque de Ronaldo atrasou por cerca de duas horas devido a problemas na esteira de bagagem do Aeroporto Internacional Tom Jobim. O jogador seguiu do aeroporto direto para o condomínio Golden Green, na Barra da Tijuca, onde comprou recentemente um apartamento. Ele acha que dificilmente disputará a próxima partida da Inter, no dia 6 de janeiro, contra a Lazio. Este será o último jogo da primeira fase do Italiano e se a Inter vencer, será ?campeã de inverno?. No Rio, o jogador será assistido pelo fisioterapeuta Nilton Petroni, o ?Filé?. A recomendação do chefe do departamento médicoda equipe italiana, Franco Combi, é de que Ronaldo repouse bastante. Ou seja, não force a musculatura em atividades físicas. Ronaldo chegou acompanhado de dois casais de amigos que ficarão hospedados em sua nova casa. Um deles é formado jogador italiano Nicola Ventola, companheiro de ataque na Inter, e sua mulher. O craque brasileiro se mostrou muito otimista emrelação à temporada 2002 do Campeonato Italiano e contente pelo desempenho nas últimas partidas. Falou também sobre a expectativa de voltar a atuar pela Seleção Brasileira, que tem um amistoso marcado para o início de fevereiro, ainda sem adversário definido. ?Espero estar bem para poder jogar. Tenho muitas saudades da seleção. Quem quer ir para a Copa tem que começar a jogar.? Ronaldo diz não estar preocupado com a cobrança por parte da torcida. ?Todos querem que eu seja como antes, driblando todo mundo e fazendo gols. Estou voltando bem, mas no início vai ser difícil.? Falando sobre os adversários do Brasil na chave que disputará a primeira fase da Copa, Ronaldo comentou que a Turquia pode surpreender. O grupo que o Brasil enfrentará é considerado um dos mais fracos: além da Turquia, estão a China eCosta Rica. ?Este grupo, comparado com os outros é teoricamente fácil. Temos de estar bem tática e fisicamente. A Turquia pode ser a surpresa. Temos que tomar cuidado e não menosprezar os adversários.? Eleito o melhor jogador em campo na partida contra o Verona, Ronaldo, por duas vezes o melhor do mundo no ranking da Fifa, se disse emocionado com a homenagem.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.