Ronaldo é o mais exigido no treino da seleção brasileira

Depois de ter passado por problemas de saúde - dor de cabeça e tontura -, Ronaldo foi muito exigido no treino da seleção brasileira realizado nesta quinta-feira, em Königstein. Demonstrando uma feição tranqüila, o atacante fez inúmeros exercícios físicos e não reclamou em nenhum momento.Na primeira parte do treino, os jogadores titulares que atuaram na vitória sobre a Croácia (1 a 0) fizeram uma corrida leve ao redor do campo do SportPark, enquanto os reservas imprimiram um ritmo mais forte na corrida. Ronaldo, ao lado de Fred e Robinho, fez um trabalho diferente. Foram exercícios de arranque e velocidade, em que os 3 atacantes foram bem exigidos.Pela manhã (horário da Alemanha), Ronaldo já havia feito exercícios de manutenção e reforço muscular com o fisioterapeuta Luiz Alberto Rosan, na academia de ginástica do Hotel Kempinski, onde a seleção brasileira está concentrada.Na parte final do treino, o técnico Carlos Alberto Parreira realizou um trabalho tático, usando apenas metade do gramado. Sua preocupação foi a movimentação do ataque. Para isso, colocou os titulares, com exceção dos zagueiros Lúcio e Juan, para enfrentar os reservas. Num determinado momento, Parreira parou o trabalho e pediu para que os titulares marcassem sob pressão quando perdessem a bola para a defesa adversária. Tudo para tentar surpreender a Austrália, adversária do Brasil no domingo, em Munique.Depois disso, Parreira ainda comandou um treino de finalizações com todos os jogadores. Mas, no geral, foi um trabalho bem leve para o grupo - a exceção foi Ronaldo, que tinha sido bastante exigido no treino físico.A seleção brasileira volta a treinar em Königstein nesta sexta-feira. E no sábado, o time faz o reconhecimento do gramado do estádio em Munique, palco do jogo com a Austrália, que acontece às 13 horas de domingo (pelo horário de Brasília).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.