Ronaldo e Paloschi podem ser titulares do Milan contra Livorno

Jogadores podem ser escalados pelo técnico Carlo Ancelotti para o confronto pelo Campeonato Italiano

REUTERS

12 de fevereiro de 2008 | 14h48

Alberto Paloschi, jovem atacante do Milan, pode iniciar a partida de quarta-feira pelo Campeonato Italiano contra o Livorno, e a carreira de Ronaldo no San Siro está longe de terminar, afirmou o técnico Carlo Ancelotti nesta terça-feira.   Veja também  Ancelotti diz que Ronaldo deve se recuperar para renovarNa sua estréia, Paloschi marcou 18 segundos depois de entrar em campo e deu a vitória ao Milan por 1 x 0 sobre o Siena no domingo. O atacante de 18 anos entrou na equipe apenas por causa das lesões de Kaká e Alexandre Pato, que ficarão fora da partida de quarta-feira. Paloschi deve iniciar o jogo se Filippo Inzaghi não se recuperar de uma lesão. "Se Inzaghi tiver dificuldade para se recuperar, Paloschi vai jogar desde o início. Senão, ele irá para o banco e Inzaghi vai jogar", disse Ancelotti a jornalistas, acrescentando que Gennaro Gattuso, após se contundir, deve estar em campo também. Uma vitória para o Milan no jogo que tem a menos que os rivais colocaria a equipe em quarto lugar no campeonato, uma posição que classifica para a Liga dos Campeões, após uma lamentável primeira metade de temporada. O atacante Ronaldo perdeu grande parte dos jogos devido a lesões e atuou mal no domingo, quando conseguiu passar apenas 45 minutos em campo. O contrato dele vai até o fim da temporada, mas Ancelotti afirmou que o jogador de 31 anos ficará até reconquistar a forma física. "No domingo, ele não estava na sua melhor forma para jogar. Se eu tivesse tido outras possibilidades, eu não o colocaria em campo. Se Ronaldo encontrar sua melhor condição, o contrato dele será renovado", disse Ancelotti.

Tudo o que sabemos sobre:
AC MilanRonaldo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.