Ronaldo está ?clinicamente curado?

O joelho de Ronaldo está clinicamente curado. Essa afirmação taxativa foi feita na tarde desta quinta-feira no Hospital La Santé Salpetriére pelo professor Gerard Saillant, após um exame médico de mais uma hora do joelho do jogador e análise dos últimos exames feitos durante a manhã em Paris, entre eles o de ressonância magnética.O médico responsável por esse exame, Bernard Roger, considera "virada a página do joelho de Ronaldinho". O jogador foi liberado pelo médico, tendo recebido "sinal verde" para voltar a jogar quando quiser, acrescentou à Agência Estado o professor Saillant, após um contato telefônico com o presidente do Inter de Milão, Massimo Moratti. Ambos decidiram que cabe ao jogador escolher o melhor momento para sua volta, quando tiver confiança suficiente e se sentir em condições de reintegrar a equipe da Inter de Milão, o que poderá ocorrer, no mínimo dentro de um mês.Se Ronaldo voltasse hoje, segundo o prof. Gerard Saillant, seu preparo físico corresponderia a 40 ou 50 % de suas possibilidades. Por isso, o jogador que não escondia sua satisfação após ter recebida alta clínica, pretende continuar sua preparação física no Rio de Janeiro, para onde volta esta noite, e só dentro de um mês, se tudo correr bem, deverá apresentar-se definitivamente ao Inter . Nessa ocasião, muito provavelmente, o professor Saillant irá a Milão para um último exame médico, quando deverá encontrar o presidente Massimo Moratti, encerrando sua participação no processo de recuperação do jogador. Nessa ocasião , Ronaldo vai reintegrar o elenco passando a treinar entre os profissionais.Ronaldinho não está, entretanto, nem um pouco interessado em fixar uma data para sua volta, principalmente agora que recebeu ampla liberdade para decidir, inclusive do presidente do clube. Ele não pretende precipitar seu retorno evitando responder se pretende estar presente ou não na Copa América : "A Copa América ainda está longe e antes disso devo atravessar ainda algumas etapas". Como se sabe, como o Inter está praticamente alijado da disputa do título italiano sua presença não é fundamental para equipe na atual temporada. As expectativas da direção da equipe italiana é que ele possa estar em plena forma na próxima temporada. Também o interesse da seleção brasileira não é a sua presença na Copa América, mas sim que ele esteja em forma em 2002 para disputar a Copa do Mundo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.