Ronaldo está perto do Milan, diz dirigente do clube italiano

Faltando poucos dias para o término do período de contratações no futebol europeu, o atacante Ronaldo deve mesmo retornar à Itália para defender o Milan. De acordo com o diretor esportivo da equipe italiana, Silvano Ramaccioni, o jogador brasileiro está próximo de acertar a sua saída no Real Madrid."Ronaldo está muito perto do Milan. Não posso ser mais preciso, mas soube disso conversando com alguns dirigentes do clube", disse Ramaccioni ao jornal local La Gazzetta dello Sport. "O interesse do Real e do jogador é autêntico. A intenção é fechar o negócio logo", acrescentou - a janela de transferência fechará no dia 31 de janeiro.Para liberar o atacante de 30 anos, a equipe espanhola pede ao menos 10 milhões de euros (cerca de R$ 28 milhões), mas o Milan ofereceu inicialmente apenas 4 milhões. Somando a isso, Ronaldo ficaria com seus direitos de imagem, que rendem quase 5 milhões por temporada.Caso a negociação seja fechada, Ronaldo, que mesmo afastado segue treinando no clube espanhol, voltará a atuar na Itália após quase cinco anos. Ele defendeu a Inter de Milão por cinco temporadas antes acertar a ida para Real Madrid, em 2002, por US$ 44,2 milhões. Além da proposta do Milan, o camisa 9 também foi procurado pelo norte-americano New York Red Bull e pelo saudita Al-Ittihad, que pode pagar 20 milhões de euros pelo brasileiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.