Ernesto Rodrigues/AE
Ernesto Rodrigues/AE

Ronaldo fará exames para detectar possível fratura

Atacante corintiano fará uma radiografia nesta segunda-feira para avaliar a gravidade da lesão

Vítor Marques, Agencia Estado

26 Julho 2009 | 19h31

Se o palmeirense Obina viveu uma tarde brilhante em Presidente Prudente, no domingo, Ronaldo teve um domingo para esquecer. O atacante do Corinthians caiu de mau jeito logo no começo do jogo, e deixou o campo com suspeita de fratura da mão esquerda.

Veja também:

linkObina faz três e Palmeiras ganha do Corinthians em Prudente

som Ouça os gols na Rádio Eldorado/ESPN - Palmeiras 1 x 0 / Palmeiras 2 x 0Palmeiras 3 x 0

mais imagens GALERIA - Veja imagens do clássico

especialMASCOTES - Baixe o papel de parede do seu time

especialVisite o canal especial do Brasileirão

Brasileirão 2009 - lista Tabela | tabela Classificação

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

O atacante fará uma radiografia nesta segunda-feira para avaliar a gravidade da lesão - e só depois disso se saberá o tempo em que Ronaldo ficará sem atuar. Os jogadores chegariam a São Paulo na noite deste domingo, em avião fretado.

A lesão aconteceu aos 19 minutos do primeiro tempo. Após dividir uma bola com o volante Souza, o Fenômeno caiu no gramado se apoiando no pulso esquerdo. Os médicos logo constataram que não era possível a permanência em campo. Moradei entrou em seu lugar."Ele não tinha condições de continuar na partida. Embora seja na mão, incomoda muito. Ele não conseguia nem mexer o braço. Não está descartada uma fratura num dos ossos", disse médico Paulo Faria, no intervalo do clássico.

Após a lesão, Ronaldo ficou no banco de reservas fazendo compressas e só rumou para os vestiários no intervalo. Parte do segundo tempo ele assistiu de um barranco ao lado da arquibancada, rodeado por seguranças. "Sem ele, perdemos a referência, e os jogadores ficaram um pouco assustados", disse Mano Menezes.

Nos poucos minutos em que esteve em campo, Ronaldo não participou de nenhum lance agudo. Ele tentou alguns dribles, mas estava muito bem marcado justamente por Souza, com quem dividiu a bola antes de se machucar. Segundo Mano, antes de se lesionar, Ronaldo estava "se encaixando" no jogo.

O atacante já seria poupado da próxima partida, quarta-feira, contra o Santo André, que será disputada em São José do Rio Preto. Mas, com a contusão na mão, passa a ser dúvida também para o jogo contra o Avaí, domingo, no Pacaembu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.