Ronaldo faz dois, e Corinthians bate o Sport por 4 a 3

O Corinthians sofreu, mas conseguiu derrotar o Sport por 4 a 3, nesta quinta-feira, no Pacaembu, pela 11ª rodada do Brasileirão. O time paulista chegou a estar vencendo por 3 a 1, porém cedeu o empate e precisou de um gol salvador de Moradei aos 34 minutos do segundo tempo para garantir a vitória.

RAFAEL VERGUEIRO, Agencia Estado

16 de julho de 2009 | 23h25

O time paulista, que contou com dois gols de cabeça de Ronaldo, chegou aos 17 pontos, e subiu duas posições na tabela, da oitava para a sexta colocação. Já o Sport manteve os 11 pontos e termina a rodada na 13ª posição.

Os mandantes saíram atrás no marcador aos 12 minutos, quando Fabiano aproveitou belo cruzamento de Elder Granja e cabeceou sem chances de defesa para Felipe. Em vantagem no marcador, o Sport reforçou ainda mais a retranca.

O Corinthians, porém, contou com noite inspirada de Ronaldo. Aos 27 minutos, André Santos cruzou e o Fenômeno subiu mais do que toda a defesa adversária para igualar o marcador. Sete minutos depois, mais uma vez deram espaço para Ronaldo e, após cruzamento de Diogo, ele subiu bonito entre os zagueiros adversários para desempatar.

O terceiro gol veio no início do segundo tempo. Cristian contou com desvio da zaga, em chute forte de fora da área, logo aos 4 minutos, e aumentou a vantagem dos donos da casa. Com 3 a 1 no placar, tudo parecia decidido no Pacaembu. Mas a torcida corintiana sofreu antes de comemorar a vitória.

O Sport aproveitou um momento de "apagão" dos mandantes e fez dois gols seguidos, com Vandinho, que havia entrado no lugar de Luciano Henrique. Aos 18, ele aproveitou falha da defesa e chutou no canto. Quatro minutos depois, Felipe bateu roupa dentro da área e o atacante não perdoou. A partida ganhou em emoção.

Perdido em campo, o Corinthians levou uma pressão do Sport e por pouco não sofreu a virada. Mas, após a expulsão de Guto, mais um lance inesperado fechou a noite no Pacaembu. Moradei, que tinha entrado no lugar de Diogo, acertou um belo chute de fora da área para vencer o goleiro Magrão.

Mesmo com a vantagem no marcador e um a mais em campo, o Corinthians ainda sofreu pressão do adversário, mas no sufoco garantiu a quinta vitória no Brasileirão.

Em busca da primeira vitória fora de casa no torneio nacional, o Corinthians voltará a campo no próximo domingo, às 16 horas, contra o Cruzeiro. Já o Sport receberá no mesmo dia o Avaí, às 18h30.

Ficha Técnica:

Corinthians 4 x 3 Sport

Corinthians - Felipe; Diogo (Moradei), Chicão, Diego e André Santos; Cristian, Jucilei (Marcelinho), Douglas e Jorge Henrique; Dentinho (Morais) e Ronaldo. Técnico: Mano Menezes.

Sport - Magrão; Igor, Juliano e Durval; Élder Granja (Dudé), Hamilton, Sandro Goiano, Fabiano e Dutra; Luciano Henrique (Vandinho) e Guto. Técnico: Emerson Leão.

Gols - Fabiano, aos 12, Ronaldo, aos 27 e aos 34 minutos do primeiro tempo. Cristian, aos 4, Vandinho, aos 18 e aos 22, e Moradei, aos 34 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos - Douglas, Dentinho, Ronaldo (Corinthians); Hamilton, Sandro Goiano, Vandinho (Sport).

Cartão vermelho - Guto (Sport).

Árbitro - Carlos Eugenio Simon (Fifa/RS).

Renda - R$ 755.466,50.

Público - 22.756 pagantes.

Local - Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.