Arquivo/AE - 5/2/2009
Arquivo/AE - 5/2/2009

Ronaldo Fenômeno anuncia nesta segunda-feira o fim da sua carreira

'Eu queria continuar, mas não consigo', lamenta o atacante do Corinthians

DANIEL PIZA, O Estado de S. Paulo

13 de fevereiro de 2011 | 18h51

SÃO PAULO - Nesta segunda-feira, ao meio-dia, Ronaldo Fenômeno anuncia o fim de sua carreira. Dezoito anos depois de sua estreia pelo Cruzeiro, mais de 400 gols em sete clubes e na seleção brasileira, incluindo quinze gols em Copas, e três vezes melhor jogador do mundo (1996, 1997 e 2002), o atacante do Corinthians cedeu ao cansaço. "Não aguento mais", disse ele neste domingo à tarde ao Estado. "Eu queria continuar, mas não consigo. Penso uma jogada, mas não executo como quero. Tá na hora. Mas foi lindo pra caramba."

Ronaldo tinha a intenção de seguir no Corinthians até o fim da temporada 2011, mas resolveu repensar a decisão e antecipar o término da carreira. No entanto, ele deve seguir no clube do Parque São Jorge, em alguma função na direção da equipe alvinegra.

Desde o ano passado, o Fenômeno já vinha sofrendo com a queda de rendimento dentro de campo. Não conseguia perder peso e cada vez mais era possível perceber que se aproximava o momento de ele 'pendurar as chuteiras'.

Seu melhor momento no Corinthians foi em 2009, quando brilhou nas conquistas do Campeonato Paulista e da Copa do Brasil, antes de se lesionar no Campeonato Brasileiro daquele ano.

Carreira. Ronaldo começou vida futebolística no Cruzeiro, no início dos anos 90. Despontou como craque e logo despertou o interesse do futebol europeu. Transferiu-se em 1994 para o PSV, da Holanda, e virou rapidamente um craque internacional. Em 1996, mudou-se para a Espanha e foi jogar no Barcelona.

Pelo clube catalão, viveu alguns dos melhores momentos da carreira. Em 1996 e 1997, ganhou a Bola de Ouro da Fifa como melhor jogador de futebol do planeta, e passou a ser a grande esperança da seleção brasileira para a Copa do Mundo de 1998, na França - em 1994, nos EUA, ele havia sido campeão, mas no banco de reservas.

Já como jogador da Inter de Milão, da Itália, para onde havia se transferido em 1997, Ronaldo fez um bom Mundial na França, mas o que ficou realmente marcado foi a decepção da final diante do país-sede. O Fenômeno sofreu uma convulsão horas antes da partida, fato que desestabilizou o grupo, e o Brasil perdeu por 3 a 0.

Depois da Copa da França, Ronaldo sofreu com graves contusões e sua carreira parecia entrar em declínio. Mas, em 2002, deu a sua primeira grande volta por cima e foi o artilheiro da seleção brasileira na conquista do pentacampeonato mundial na Coreia do Sul e Japão.

Após o Mundial, voltou para a Espanha, mas desta vez para defender o Real Madrid. Naquele mesmo ano, foi campeão mundial de clubes, e novamente eleito o melhor jogador do futebol do mundo.

Ficou no Real Madrid até 2007, quando foi negociado com o Milan. Mas fez pouco pelo clube italiano e, na metade de 2008, pela primeira vez ficou sem clube ao rescindir seu contrato.

Volta do Brasil. Após treinar por um período o Flamengo, seu time de coração, surpreendeu a todos ao anunciar, em dezembro de 2008, que jogaria pelo Corinthians. Sua apresentação foi uma grande festa no Parque São Jorge, e ele rapidamente se apaixonou pela torcida. Em São Paulo, deu mais uma volta por cima na vida.

Teve em 2009 seu melhor ano na equipe alvinegra, ao faturar o Paulistão e Copa do Brasil, mas, em 2010, ano do centenário do clube, frustrou a todos ao não conseguir levar o time ao título inédito da Copa Libertadores.

Em 2011, Ronaldo sequer marcou gols. Sua última participação foi na queda do time diante do colombiano Tolima na Pré-Libertadores. E abandonou a carreira logo após o seu amigo Roberto Carlos deixar o Corinthians rumo ao futebol da Rússia.

Veja também:

linkConfira os principais números da carreira de Ronaldo

linkJogadores do Corinthians já lamentam saída de Ronaldo

linkTite a Ronaldo: 'Que ouça pessoas próximas e tenha luz'

especialESPECIAL - A trajetória de Ronaldo

mais imagens GALERIA DE FOTOS - As imagens da carreira de Ronaldo

blog ANTERO GRECO - Dores e decepção levam Ronaldo a antecipar a aposentadoria

blog MORELLI - Ronaldo sai de cena

forum ENQUETE - Ronaldo acerta ao encerrar a carreira?

video TV ESTADÃO - Relembre a entrevista de Ronaldo em 2009

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.