Twitter Oficial / Valladolid
Twitter Oficial / Valladolid

Ronaldo Fenômeno compra 51% das ações do Valladolid e assume presidência do clube

Ex-jogador projeta crescimento do clube: 'Com a união de todos estou convencido de que será muito difícil ganhar da gente'

Estadão Conteúdo

03 Setembro 2018 | 09h02

Ronaldo Fenômeno é o novo proprietário do Valladolid, da Espanha. O ex-jogador comprou 51% das ações da equipe e assumiu oficialmente a presidência do conselho em cerimônia realizada nesta segunda-feira na sede do clube.

"Quero a participação de todos na formação deste clube. Convido os torcedores que participem deste projeto dando ideias, opiniões, críticas e que tenham esperanças. Quero que façam parte do presente e do futuro do Valladolid", disse Ronaldo em seu discurso de posse.

A cerimônia contou com as presenças do prefeito da cidade, Oscar Puente, e também de Carlos Suárez, que seguirá na presidência da instituição. O dirigente foi quem deu as boas-vindas ao Fenômeno e informou sobre a porcentagem adquirida. "A chegada de Ronaldo põe o Valladolid no mapa do futebol e permitirá ao clube dar um salto de qualidade", afirmou o dirigente espanhol.

De acordo com a imprensa do país, Ronaldo pagou cerca de 30 milhões de euros (R$ 141 milhões) pela aquisição do clube. O acordo foi sacramentado na última quarta-feira. O brasileiro teria comprado parte das ações de Suárez, que tinha 60%.

"Temos mais de 20 mil sócios e temos um grande grupo de profissionais em todos os níveis. Não vamos parar por aqui. Queremos crescer para onde nossa ilusão possa permitir. Vamos tentar ser o maior possível", afirmou o Fenômeno. "Vocês (torcedores) podem contar conosco para fazer o Valladolid se consolidar no topo e continuar construindo sonhos. Com a união de todos estou convencido de que será muito difícil ganhar da gente", emendou.

O Valladolid está na primeira divisão do Campeonato Espanhol. Após três rodadas disputadas, o time ocupa atualmente o 16º lugar, com dois empates e uma derrota. Na sexta-feira, a equipe ficou no empate sem gols com o Getafe, fora de casa.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.