Real Valladolid/ Divulgação
Real Valladolid/ Divulgação

Ronaldo Fenômeno elogia o uso de jovens de Palmeiras e Santos na final da Libertadores

Jovens formados nas bases do clubes têm chances de serem protagonistas na decisão do torneio continental

Redação, O Estado de S.Paulo

29 de janeiro de 2021 | 14h04

A final da Libertadores entre Palmeiras e Santos, neste sábado, no estádio do Maracanã, reúne diversos elementos que fazem deste duelo único na história dos dois clubes. Dentre os vários fatores, o uso de crias da base ganha destaque na campanha dos dois clubes, seja na necessidade de completar elenco, como na valorização das joias da casa junto a jogadores experientes.

Fato é que as chances de atletas recém-promovidos ao profissional de serem destaque da partida são grandes. Um dos principais jogadores brasileiros de todos os tempos, Ronaldo Fenômeno fez questão de destacar o uso da base para que os dois times chegassem à decisão. Em evento da patrocinadora oficial da Libertadores, o ex-jogador elogiou e disse que é 'maravilhoso' ver jovens atletas num evento tão importante.

"É maravilhoso ver que tanto Santos quanto Palmeiras apostam nos meninos, nos jovens talentos da casa", elogiou Ronaldo. "Eu acho maravilhoso essa coragem. O futebol brasileiro sempre teve esses jogadores jovens se destacando com 17, 18, 19 anos... E é bom ver os dois times na final apostando em jovens talentos e pratas da casa."

De um lado, o Santos se viu obrigado a usar os 'Meninos da Vila' por enfrentar grave crise financeira e por estar proibido pela Fifa de trazer reforços. O time profissional conta com oito jogadores de até 21 anos: o atacante Marcos Leonardo (17), o zagueiro Derick e o meia Ivonei (18); o atacante Kaio Jorge (o único titular) e o meia Lucas Lourenço (19); os zagueiros Alex Nascimento e Wagner Leonardo (20) e o atacante Taílson (21).  

Já o Palmeiras optou por dispensar contratações milionárias que não deram certo, mantendo o dinheiro em caixa e dando oportunidades a jovens promessas. Danilo (19), Patrick de Paula (21), Gabriel Menino (20) e Gabriel Veron (18) são as principais apostas, com destaque em especial para os três primeiros citados.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.