Ronaldo fica fora do clássico espanhol

Ronaldinho está fora do clássico deste domingo contra o Barcelona, em Madri. No treino de sexta-feira ele voltou a sentir dor na coxa esquerda e hoje não foi incluído na lista de convocados divulgada pelo técnico português Carlos Queiroz. Com isso, a temporada espanhola terminará sem que o Fenômeno e Ronaldinho Gaúcho tenham se enfrentado. No primeiro turno, o craque do Barcelona estava machucado e não jogou o clássico vencido pelo Real Madrid por 2 a 1com um gol de Ronaldinho. A comissão técnica do Real preferiu não correr o risco de forçar a escalação do artilheiro, que sofreu uma lesão muscular na coxa esquerda na partida disputada há 15 dias contra o Osasuna. O trabalho agora será para colocá-lo em condição de jogar na próxima rodada, quando o time enfrentará o La Coruña fora de casa. "Um jogo como esse é apenas para jogadores que estejam com 100% de suas condições", afirmou Carlos Queiroz. O substituto de Ronaldinho será o argentino Solari. O Real tem 70 pontos e divide a primeira posição com o Valencia - que amanhã jogará fora de casa contra o Athletic de Bilbao -, mas leva desvantagem no saldo de gols (42 a 26). Depois de amanhã, faltarão quatro rodadas para o campeonato acabar. O Barcelona, que tem 63 pontos, também perdeu um titular hoje: o atacante Luis Garcia sofreu um estiramento muscular na coxa esquerda e será substituído pelo veterano Luis Enrique. A equipe catalã é a de melhor rendimento no segundo turno e sustenta uma invencibilidade de 15 partidas, com 12 vitórias e três empates. Outros jogos de amanhã: Racing e Albacete; Villarreal e Murcia; Zaragoza e Sevilla; Valladolid e Mallorca; Betis e Real Sociedad; Celta e Osasuna. Rivaldo - Os dirigentes do Bolton e o empresário inglês Peter Harrison continuam otimistas quanto à possibilidade de o craque aceitar a proposta do clube, mas em Barcelona, onte está passando alguns dias para resolver problemas particulares, ele já não demonstra muito entusiasmo em assinar com o clube inglês. Ele voltará ao Brasil esta semana para continuar analisando as propostas que tem de clubes do Catar, Japão e Europa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.