Ronaldo fica revoltado com Felipão

Luiz Felipe Scolari anda com a língua solta e atiçando polêmicas. O treinador campeão do mundo primeiro admitiu, nas férias no Chile, ter se inspirado no modelo argentino para montar a seleção brasileira. Em seguida, mandou brasa para cima de Pelé, ao afirmar que o Rei não entende de futebol. No fim de semana, já em Porto Alegre, disse que Ronaldo jamais voltará a ter condição física ideal, como conseqüência das duas operações que sofreu no joelho direito e dois anos e meio de luta para retornar aos campos.As afirmações mais recentes do técnico, feitas em entrevista à Rádio Gaúcha, não agradaram ao artilheiro do Mundial. O descontentamento de Ronaldo ficou evidente em declarações publicadas neste domingo em seu site oficial na internet. O astro da Inter de Milão disse que não se sente mesmo 100%, mas muito mais do que isso. "Estou com 200% de minha condição", avisou o autor de oito dos 17 gols que o Brasil marcou na campanha do pentacampeonato na Ásia. "Sou jogador que entra em campo para treinar sem sentir nada, nenhuma dor. Por isso, tive grandes atuações na Copa do Mundo."Ronaldo garante estar feliz, animado com o futuro da carreira e nem um pouco preocupado com seu estado atlético. "Estou feliz, com a mesma força, os mesmos dribles, as mesmas arrancadas", comentou o atacante, que marcou a maior parte dos gols na Copa em jogadas dentro da área.Ronaldo também ficou no ?morde-e-assopra?, embora tenha mostrado surpresa por Felipão ter dito que o considera um jogador "mimado". Primeiro, observou que às vezes "é mais difícil as pessoas se comportarem nas vitórias do que nas derrotas". Em seguida, para pôr uma pedra no assunto, agradeceu o treinador por ter acreditado em sua recuperação."Agradeço ao Felipão por ter me dado a oportunidade de disputar minha terceira Copa do Mundo", escreveu. "Acredito que ficou feliz com meu desempenho. Afinal, ganhamos o pentacampeonato, que o povo brasileiro tanto sonhava."O atacante afirmou que está pronto para retornar à seleção e que pretende trabalhar novamente com Felipão, com quem teve convivência intensa por quase dois meses, desde a fase de preparação em Barcelona e na Malásia até a festa do título em Yokohama.Ronaldo e Felipão devem se encontrar no fim de agosto. Nos planos da CBF, a primeira apresentação da seleção, depois da decisão do Mundial, será em amistoso no dia 21, em Fortaleza. Desde que o técnico concorde em renovar contrato, o que deve ser decidido durante a semana. A partida no Ceará seria também um ato político explícito de Ricardo Teixeira em apoio à candidatura de Ciro Gomes à presidência da República.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.