Ronaldo: ?hoje é um dia feliz?

Depois de ter sido substituído pelo atacante Kallon, aos 21 minutos do segundo tempo, Ronaldo não escondia a satisfação por ter marcado o primeiro gol da vitória da Internazionale contra o Brescia, neste domingo, por 3 a 1, pelo Campeonato Italiano. Muito cumprimentado por todos os jogadores da equipe na hora do gol, deixou o campo sorridente, ao contrário do último jogo contra o Ipswich, pela Uefa, quando nem olhou no rosto de Héctor Cuper. ?Hoje eu sou o homem mais feliz do mundo?, disse.E diferentemente da cara fechada e da insatisfação demonstradas nas partidas anteriores, Ronaldo não poupou elogios à equipe e ao próprio treinador argentino. ?Certamente este é um dia maravilhoso, sobretudo porque devo dizer que é bem mais fácil entrar em um time bem armado e entrosado como a Inter, comandada com competência por Cuper, que apostou em mim para começar o jogo e contribuir com o time?, disse.O atacante garante não ter sentido a responsabilidade de atuar como titular desde o início do jogo. ?Não foi difícil voltar como titular porque a equipe está entrosada e quando estou em campo ao lado de Vieri, nos entendemos com perfeição. Só espero continuar atuando ao lado dele?. frisou. Antes de encerrar as entrevistas, Ronaldo confirmou que está cada vez mais confiante em disputar a Copa do Mundo de 2002. ?Não tenho dúvidas de que estarei lá?, garantiu.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.