Ronaldo: jogo contra a França deve ser visto como final

Para o atacante Ronaldo, o jogo do próximo sábado contra a seleção da França, em Frankfurt, pelas quartas-de-final da Copa do Mundo, é como se fosse uma fial de campeonato. Não pelo sentido de revanche pelo fato do adversário ser o algoz do título de 1998, quando os franceses venceram a final por 3 a 0, mas pelo respeito à força do time de Zidane, Henry e companhia. "Temos que encarar o jogo como uma final, e esquecer aquele jogo. Vai ser uma grande partida", disse o atacante, em entrevista ao Jornal Nacional, da TV Globo, na entrada do Castelo Lerbach, local onde a seleção brasileira está concentrada. Já Roberto Carlos, que estava junto, ironizou. "Nem me lembro de 98. Já jogamos um amistoso contra eles e vamos lá. Vai ser um bom jogo."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.