Ronaldo marca, mas Internazionale vence o clássico italiano

No seu primeiro clássico após retornar ao futebol da Itália, o atacante brasileiro Ronaldo marcou neste domingo, mas não conseguiu evitar a derrota do Milan, de virada, para a arqui-rival Internazionale por 2 a 1, no Estádio Giuseppe Meazza, pela 27.ª rodada do Campeonato Italiano. Os gols da Inter, que não contou com Adriano, foram feitos pelo argentino Júlio Cruz e pelo sueco Zlatan Ibrahimovic.Taxado como traidor, uma vez que jogou na Inter antes de transferir-se ao Real Madrid em 2002, Ronaldo foi muito perseguido durante o jogo e toda vez que tocava na bola era xingado e vaiado pela torcida rival. Mesmo assim, ele conseguiu abrir o marcador aos 40 minutos do primeiro tempo. Numa jogada individual, o camisa 99 partiu com velocidade e bateu colocado, de fora da área, no canto direito do goleiro Julio César. Na comemoração, o atacante brasileiro provocou os torcedores ao colocar as mãos nos ouvidos para responder às ofensas.Sem Adriano, que nem foi selecionado para a reserva pelo treinador Roberto Mancini por causa de uma lesão na coxa, a Internazionale chegou ao empate logo no início da etapa complementar. Aos 10 minutos, Ibrahimovic recebeu na linha de fundo e cruzou rasteiro. O goleiro Dida demorou para ir na bola e espalmou fraco. Na sobra, Júlio Cruz, que havia entrado no lugar do compatriota Hernán Crespo, completou para o fundo das redes.A Inter conseguiu a virada 20 minutos depois, quando Júlio Cruz retribui o companheiro sueco. O jogador sul-americano fez boa jogada pela lateral e tocou para Ibrahimovic, que finalizou rasteiro, sem chances para Dida.Com o resultado, a Inter isolou-se ainda mais na liderança do Italiano, com 73 pontos, 16 à frente da segunda colocada, a Roma, que venceu neste domingo a Udinese, em casa, por 3 a 1. Na sexta colocação com 40 pontos, o Milan segue fora da zona de classificação para a próxima edição da Liga dos Campeões da Europa.Em outro jogo da rodada, a Lazio assumiu a terceira colocação na tabela ao ganhar da Reggina por 3 a 2, fora de casa, no Estádio Oreste Granillo. A equipe dirigida pelo técnico Delio Rossi chegou aos 46 pontos. Os gols dos visitantes foram marcados por Goran Pandev, Christian Manfredini e Ayodele Makinwa, enquanto Giacomo Tedesco e Pasquale Foggia fizeram para a Reggina.O Palermo, que caiu para o quarto posto, tropeçou ao empatar em seus domínios com a Fiorentina, no Estádio Renzo Barbera. O uruguaio Edison Cavani anotou para os anfitriões, e o romeno Adrian Mutu foi o autor do gol da Fiorentina, que está na sétima colocação (46 pontos).Atualizado às 18h54

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.