Ronaldo: Milan dá R$ 190 milhões

O Milan já tem o antídoto para não repetir na próxima temporada os erros apresentados em 2005 na perda do títulos italiano e da Copa dos Campeões em menos de um mês: contratar o atacante Ronaldo, do Real Madrid.O jornal esportivo Marca, da Espanha, estampou a notícia em sua capa de hoje. O milionário Silvio Berlusconi, primeiro ministro italiano e presidente do time milanês, estaria disposto a desembolsar 60 milhões (cerca de R$ 200 milhões), no destaque na conquista do pentacampeonato do Brasil, na Coréia do Sul e do Japão, em 2002.Próximo de completar 29 anos, Ronaldo viria para formar dupla com o ucraniano Andriy Shevchenko e atuar ao lado dos compatriotas Dida, Cafu, Serginho e Kaká. O argentino Hernan Crespo e o dinamarquês Jon Dahn Tomasson perderiam espaço na equipe de Carlo Ancelotti.O contrato de Ronaldo no clube espanhol, no qual disputou as últimas três temporadas, acaba em junho de 2008. De 1997 a 2002, o brasileiro defendeu o maior rival do Milan, na Itália. Atuou pela Internazionale.A reportagem do Marca revela, ainda, um primeiro contato entre dirigentes dos dois clubes e que "nos próximos dias acontecerá uma reunião com Florentino Perez, presidente do Real Madrid."Uma possível saída do camisa 9 do time merengue abriria de vez as portas no Real para a chegada de outro brasileiro: o craque Robinho, do Santos. No país europeu, muitos dão como certa a contratação do jovem santista.O técnico Vanderlei Luxemburgo nunca escondeu o desejo de voltar a trabalhar com o ´malabarista´ do Santos, no qual tornou-se campeão brasileiro em 2004.As cifras são sedutoras, mas os companheiros não acreditam na saída de Ronaldo da Espanha. Roberto Carlos acha tudo muito complicado. "Há rumores de todo tipo agora, mas Ronaldo não tem por que sair e não acho que o presidente (Perez) deixará ele ir embora", disse. "Eu quero que ele fique, é meu amigo e tem anos de contrato à frente. Além disso, aonde ele vai estar melhor senão no Real Madrid?", questionou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.