Ronaldo não quer deixar o Milan, garante técnico

'Essa questão da possível transferência para o Flamengo surgiu exclusivamente do Brasil', afirma Carlo Ancelotti

Reuters

03 de janeiro de 2008 | 11h28

O técnico do Milan, Carlo Ancelotti, afirmou nesta quinta-feira que o atacante Ronaldo deseja continuar na equipe, apesar do interesse do Flamengo na contratação do jogador. Ronaldo, que disputou apenas uma partida nesta temporada devido a seguidas contusões, teria negociado uma possível transferência para o clube carioca durante as férias de fim de ano, quando esteve no Brasil. "Ele não demonstrou nenhum interesse em deixar o Milan. Essa questão da possível transferência para o Flamengo surgiu exclusivamente do Brasil", disse Ancelotti em entrevista coletiva em Dubai. O Milan se reapresentou nesta quinta nos Emirados Árabes Unidos para o início de sua inter-temporada. Ronaldo viajou normalmente com o restante da equipe. Possível reforço do Milan para uma eventual saída de Ronaldo, o também atacante brasileiro Amauri vai permanecer no Palermo até o fim da temporada. O jogador, que também interessa a Juventus e Liverpool, garantiu que não deixará o clube da Sicília na janela de transferências deste mês. "Despertar o interesse de grandes clubes me deixa orgulhoso... mas em janeiro eu não vou me transferir, quero melhorar com a camisa do Palermo. Então em junho nós veremos", disse o jogador à imprensa italiana.

Tudo o que sabemos sobre:
MilanRonaldoCarlo Ancelotti

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.