Ronaldo não sabe se começa jogando

Ronaldo ainda não está confirmado no Real Madrid que enfrentará o Racing, sábado, em Santander, pela sexta rodada do Campeonato Espanhol. O técnico Vicente del Bosque faz mistério dizendo que está em dúvida entre ele e o garoto Portillo, mas a presença do artilheiro da Copa do Mundo é quase certa, porque Figo e Raúl estão machucados e não jogarão.Nesta quinta-feira, Ronaldo provou mais uma vez que está totalmente recuperado dos problemas musculares que retardaram a estréia no time madrilenho. Foi o principal destaque do treinamento realizado contra os juniores do Real Madrid. O atacante brasileiro fez três dos cinco gols marcados no coletivo, mas ele se destacou muito mais pela confiança e segurança mostradas em campo.O gol mais bonito do Fenômeno no treinamento foi feito por cobertura, aproveitando que o goleiro reserva César estava adiantado. Ele já havia tentado esse lance no jogo contra o Bétis. Ao final do treino, o placar apontava 5 a 2 para o time de Ronaldo.Depois do treinamento com bola, ele foi até o ginásio do Centro de Treinamentos do Real Madrid e se exercitou por mais duas horas.Figo se machucou na partida amistosa entre Portugal e Suécia, na última quarta-feira. Ele sofreu uma contratura muscular na coxa direita, depois de ter participado apenas de 10 minutos do jogo ? começou no banco de reservas. Já Raúl não estará à disposição de Vicente del Bosque porque não se recuperou de um edema na parte superior da coxa esquerda.Sendo assim, abre-se uma vaga para Ronaldo iniciar o jogo como titular. O ataque deverá ser formado por Morientes e o brasileiro. Guti seria recuado para o meio-de-campo, onde ocuparia a vaga deixada por Figo.O atacante Raúl deverá ser liberado pelo departamento médico da equipe espanhola para participar do jogo contra o AEK, terça-feira, pela Liga dos Campeões. Quanto a Figo, os médicos ficaram preocupados principalmente pelo fato de ele ter sofrido a contusão em apenas dez minutos.Na Itália, o argentino Javier Zanetti, da Inter, ex-companheiro de Ronaldo, voltou a falar sobre a saída do brasileiro, que foi muito traumática. Ele reafirmou que o Fenômeno deixou o clube sem ao menos se despedir dos companheiros, que, segundo o jogador, sempre estiveram ao seu lado nos momentos em que ele mais precisou, quando se recuperava da operação no joelho direito.?Ronaldo fez uma escolha, a de ir para o Real Madrid, e nós lamentamos. Mas desejamos a ele tudo de bom?, afirmou o argentino. ?Apesar de ele não se despedir de nós, pensamos que ele ainda nos visitará.?O atleta estranhou a atitude de Ronaldo principalmente pelo fato de a relação do brasileiro com os demais atletas da Inter ter sido sempre boa. ?A relação era muito boa. Sempre estivemos junto com ele, mas a sua saída foi uma questão particular e foi ele quem pediu para sair. Dentro dos vestiários, nunca houve qualquer problema. O ambiente era muito bom, assim como é hoje.?Enquanto isso, sem espaço no elenco de estrelas do Real Madrid, o volante brasileiro Flávio Conceição pedirá aos dirigentes do clube espanhol que o negociem em dezembro. ?Preciso jogar e aqui não me parece possível. Nos últimos tempos, tive problemas físicos e agora preciso de continuidade?, disse o jogador. ?Em dezembro, espero encontrar outra equipe, para depois, quem sabe, voltar ao Real Madrid para vencer.?No início da temporada, Flávio Conceição esteve próximo de ser negociado com o Chelsea, mas a transferência acabou não se concretizando.

Agencia Estado,

17 de outubro de 2002 | 18h23

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.