Ronaldo nega que tenha desaconselhado Kaká a ir para o Real

Atacante diz que, independente disso, acha difícil que o meia troque de time por tudo o que tem na Itália

EFE

13 de fevereiro de 2008 | 11h38

O atacante brasileiro Ronaldo, do Milan, negou os rumores de que ele tenha desaconselhado o meia Kaká a trocar o clube italiano pelo Real Madrid. "Eu não posso aconselhar ninguém desta maneira. Contei a ele tudo o que passei em Madri. É muito difícil que Kaká mude de clube ou de cidade com tudo o que tem aqui e que o Milan dá a ele", declarou. Em entrevista à emissora espanhola Punto Radio, o brasileiro recordou o período em que defendeu o Real Madrid, clube no qual afirma que deixou grandes amigos. Sobre sua passagem pelo clube espanhol, Ronaldo admitiu que a era dos galáticos "acabou mal porque começou mal". "Nós nunca quisemos nem procuramos este adjetivo. Pagamos por algo que não desejávamos", opinou. Perguntado sobre qual jogador do Campeonato Espanhol ele gostaria de trazer para o Milan, Ronaldo escolheu o zagueiro espanhol Sérgio Ramos, seu ex-companheiro no Real Madrid, que segundo ele "tem um estilo de jogo muito italiano, além de ser muito jovem".

Tudo o que sabemos sobre:
RonaldoAC MilanReal MadridKaká

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.