Ronaldo pode ser pai pela segunda vez

Ronaldo Fenômeno vai ser papai pela segunda vez? A notícia surgiu hoje, no jornal carioca O Dia. Segundo a publicação, o exame feito pela esposa do atacante, Daniela Cicarelli, teria dado positivo. Uma suposta gravidez da modelo e apresentadora de tevê vem sendo especulada já há algum tempo. Jornais espanhóis publicaram fotos de Daniela saindo de uma clínica de Madri há duas semanas. Na ocasião, porém, ela afirmou que estava fazendo apenas alguns exames de rotina. A assessoria de Cicarelli não confirmou e nem negou a informação de que ela estivesse grávida. Já Ronaldo ainda não se pronunciou sobre o assunto. Ele já é pai de um garoto chamado Ronald, fruto de seu primeiro casamento, com a jogadora Milene Domingues. O relacionamento de Ronaldo e Cicarelli tem sido exposto na mídia com freqüência. Os dois se casaram há pouco mais de um mês, no Castelo de Chantilly, na França. A festa foi muito badalada. No Brasil, repercutiu mais ainda pelo desentendimento que Cicarelli teve com a também modelo Caroline Bittencourt, expulsa da festa. Durante a última semana, especulou-se até que o atacante daria "uma escapadinha" da concentração da Seleção Brasileira, na Granja Comary, em Teresópolis (RJ), para se encontrar com a esposa. Tanto a assessoria da Seleção como a da modelo negaram veementemente o tal encontro. "O Ronaldo jamais faria isso num momento como este", assegurou Rodrigo Paiva, assessor de imprensa da Seleção e ex-assessor particular de Ronaldo. Paiva chegou a se irritar com os boatos. "Ficam plantando muita babaquice por aí, mas quero ver as provas. Quero ver fotos de que o Ronaldo saiu da concentração. Se ele tivesse mesmo feito isso, seria cortado". A suposta gravidez de Cicarelli viria num momento que o próprio Ronaldo já chamou de "difícil" em sua vida. O atacante admitiu estar em má fase em seu clube, o Real Madrid. Lá, já se desentendeu com o técnico Vanderlei Luxemburgo, por achar que tem sido substituído demais nas partidas, e também com alguns torcedores. No domingo retrasado, numa partida contra o Málaga, jogou uma garrafa de plástico em alguns torcedores que o vaiavam. Ele pediu desculpas publicamente em seguida, mas o fato teve muita repercussão negativa na Espanha. "É difícil não perder a cabeça quando xingam sua mãe e cometem um ato racista", justificou Ronaldo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.